MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Bolsa Atleta tem relação com recorde de medalhas do Brasil no Pan-Americano

O Brasil saiu dos jogos Pan-Americanos de Santiago com uma conquista recorde de 205 medalhas. O Bolsa Atleta teve um papel significativo na conquista de184 delas

Integrantes da delegação brasileira na cerimônia de encerramento do Pan-Americano 2023
Integrantes da delegação brasileira na cerimônia de encerramento do Pan-Americano 2023 - Wander Roberto / COB
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 06/11/2023, às 19h09

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Brasil encerrou sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Santiago com uma conquista recorde de 205 medalhas, evidenciando um desempenho histórico em diversas modalidades esportivas. Foram 66 de ouro, 73 de prata e 66 de bronze.  Cerca de 90% das medalhas foram conquistadas ou tiveram a participação de um integrante do Bolsa Atleta.

O Bolsa Atleta teve um papel significativo na conquista de184 medalhas. "Esse resultado no Pan é a parte visível de um processo de preparação que ocorre no Brasil, com a junção de todos os atores, incluindo o Ministério do Esporte com o Bolsa Atleta", ressaltou Sebastian Pereira, gerente executivo de alto rendimento do COB.

A delegação brasileira em Santiago foi a maior da história do país em competições internacionais, composta por 635 atletas, dos quais 469 (73,8%) são beneficiários do Bolsa Atleta. O investimento previsto para esses atletas em 2023 é de R$ 20,69 milhões.

A ginástica foi uma das modalidades em que o Bolsa Atleta se destacou, com 97,29% dos medalhistas sendo bolsistas. A ginasta Bárbara Domingos, que conquistou três ouros e duas pratas na ginástica rítmica, foi uma das principais multimedalhistas do país.

Além disso, o desempenho feminino foi brilhante, com atletas como Stephanie Balduccini na natação e Flávia Saraiva na ginástica artística, que alcançaram cinco pódios cada. No masculino, nomes como Guilherme Costa e Guilherme Caribé se destacaram com múltiplas medalhas.

+Prova do Enem 2023: saiba como será feita a correção do exame e da redação

Atletas brasileiras brilham

O país se posicionou em segundo lugar no quadro de medalhas, superando suas marcas anteriores. O destaque se estendeu para modalidades como ginástica rítmica, onde o Brasil conquistou 100% dos ouros, e o boxe, com presença em nove das 13 finais. Além disso, o Brasil garantiu um total de 40 vagas para os Jogos Olímpicos de Paris em 2024.

Além do recorde de medalhas do Brasil, pela primeira vez, o desempenho feminino superou o masculino: as atletas brasileiras ganharam 95 medalhas (33 de ouro), enquanto os homens trouxeram para casa 92 medalhas (30 de ouro). 

"Estamos muito orgulhosos dos nossos atletas e das políticas públicas que os apoiam, como o Bolsa Atleta", expressou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva em suas redes sociais após o encerramento dos jogos Pan-Americano. A cidade colombiana de Barranquilla sediará a competição em 2027.

+Comissão da Câmara aprova criação de sala especial para mulheres em delegacia

Destaques da campanha brasileira

Confira abaixo alguns destaques do Brasil no Pan:

  • 100% dos ouros na ginástica rítmica, com três ouros e duas pratas para Bárbara Domingos, a principal medalhista do país;
  • Presença em nove das 12 finais do boxe;
  • 40 vagas conquistadas para os Jogos Olímpicos de Paris no Pan. Agora, o Brasil soma 143;
  • Handebol feminino chegou ao hepta consecutivo;
  • Futebol voltou a vencer 36 anos depois;
  • Judô teve melhor campanha de sua história da modalidade, com 16 pódios e sete ouros;
  • 25 medalhas e sete ouros na natação;
  • 23 medalhas e sete ouros no atletismo;
  • Três ouros e seis pódios na canoagem slalom, na liderança do quadro da modalidade;
  • Dois ouros e cinco medalhas no skate, na liderança do quadro de medalhas.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.