MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Brasil AINDA lidera ranking da maior taxa de juros no mundo; Veja top 10

Mesmo após o corte da taxa básica de juros brasileira (Selic), o Brasil continua no topo do ranking global de taxa de juros reais

Homem segura calculadora e empilha moedas lado a lado
Homem segura calculadora e empilha moedas lado a lado - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 02/08/2023, às 23h11

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Mesmo após o corte da taxa básica de juros brasileira (Selic), o Brasil continua no topo do ranking global de juros reais, de acordo com dados compilados pelo MoneYou e publicados pelo portal G1. Mesmo enfrentando um cenário desafiador, o país ainda lidera a lista de 40 nações em termos de taxa de juros reais.

Na mais recente decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), realizada nesta quarta-feira (2), os juros do país foram reduzidos em 0,50 ponto percentual, alcançando a marca de 13,25% ao ano. Essa foi a primeira redução em três anos, refletindo os esforços para estimular o crescimento econômico.

Entretanto, mesmo com a redução da Selic, quando se desconta a inflação projetada para os próximos 12 meses, que se encontra acima de 4%, conforme o Boletim Focus do BC, os juros reais brasileiros ainda permanecem em 6,68%. Essa taxa é suficiente para manter o Brasil no topo do ranking, superando nações como México, Colômbia, Chile e África do Sul.

É importante destacar que a taxa de juros real é calculada considerando o abatimento da inflação prevista para os próximos 12 meses, o que a torna uma métrica mais apropriada para comparação entre países. Abaixo estão as taxas de juros atuais, descontada a inflação projetada, dos dez países com as maiores taxas:

Top 10 países com as maiores taxas de juros reais:

  1. Brasil - 6,68%
  2. México - 6,64%
  3. Colômbia - 6,15%
  4. Chile - 4,6%
  5. África do Sul - 3,82%
  6. Filipinas - 3,8%
  7. Indonésia - 3,63%
  8. Hong Kong - 2,83%
  9. Reino Unido - 2,36%
  10. Israel - 2,23%

+STF tem maioria a favor da descriminalização do porte da maconha; Veja votos

Ranking de juros nominais

Além disso, é relevante mencionar que considerando apenas os juros nominais (sem descontar a inflação), o Brasil ocupa a quarta posição no ranking, ao lado da Colômbia, e fica atrás da Argentina, Turquia e Hungria.

Top 10 países com as maiores taxas de juros nominais:

  • Argentina: 97,00%
  • Turquia: 17,50%
  • Hungria: 15,00%
  • Brasil: 13,25%
  • Colômbia: 13,25%
  • México: 11,25%
  • Chile: 10,25%
  • Rússia: 8,50%
  • África do Sul: 8,25%
  • República Checa: 7,00%

+Conheça 10 empregos que serão DESTAQUE nos próximos anos; TI em alta

Nesse contexto, a Argentina se encontra na última posição da lista, no 40º lugar, com uma taxa de juros nominal de 97,00%, mesmo com a grave crise de hiperinflação que o país atravessa.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.