MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Cerca de R$ 150 mil em ampolas de botox são apreendidas em Londrina

A Receita Federal apreendeu as ampolas de botox na PR-323 na terça-feira (22). Os produtos foram estimados em mais de R$ 150 mil; confira

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 23/03/2022, às 18h24

As ampolas de botox estavam em temperaturas inadequadas
As ampolas de botox estavam em temperaturas inadequadas - JurgaR/Istock.com
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Mais de 500 ampolas de toxina botulínica, conhecida popularmente como botox, foram apreendidas pela Receita Federal em um carro, na PR-323, em Londrina (PR) nesta terça-feira (22). Após uma análise, a Receita identificou um veículo da zona fronteiriça com atitude suspeita e abordou a área. Foi realizada uma busca a equipamentos eletrônicos e mais de 500 frascos da substância foram localizados na porta do motorista e no porta-malas do veículo.

As ampolas de botox estavam envoltas em sacolas plásticas com gelo em gel para amenizar a alta temperatura do automóvel. Os produtos foram estimados em mais de R$ 150 mil. Haviam duas pessoas no carro, pai e filha. O motorista foi preso em flagrante e levado para a Polícia Federal, onde o veículo foi apreendido.

+++Guerra na Ucrânia pode beneficiar a economia do Brasil? Saiba como

O que é botox? 

É uma substância que pode ser usada para tratar diversas condições como microcefalia, paraplegia e espasmos musculares, pois previne contrações musculares e funciona promovendo paralisia muscular temporária, além de ajudar a reduzir os sintomas associados a essas condições.

O uso de botox é conhecido por tratar os sinais de envelhecimento. No entanto, uma nova abordagem ganhou popularidade clínica: o uso da toxina para previnir as marcas de expressão. Este método, em geral, é indicado para ser aplicado em jovens entre 25 e 28 anos.

O armazenamento das ampolas de botox em temperaturas inadequadas é apenas um dos problemas causados ​​pelo comércio ilícito de produtos, frequentemente utilizados em procedimentos estéticos. Muitas vezes, esses produtos são obtidos de fontes ligadas a criminosos, podendo até ter efeitos graves e permanentes em seus usuários, que muitas vezes desconhecem a verdadeira origem do produto. 

*Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.