MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Covid-19: Ômicron ainda é a variante predominante em São Paulo

Essa variante foi o principal motivo do pico de novos casos de Covid-19 no estado e no país até o início de março. Confira o levantamento

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 30/03/2022, às 18h50

As orientações para evitar a Covid-19 são as mesmas de sempre
As orientações para evitar a Covid-19 são as mesmas de sempre - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Os casos de Covid-19 tem reduzido em todo o país, mas a prevenção e cuidados para não pegar a doença ainda são importantes para evitar possíveis sequelas e complicações de saúde. Em São Paulo, a variante Ômicron ainda é predominante entre as amostras feita pela Rede de Alerta das Variantes do Sars Cov2, coordenada pelo instituto Butantan.

De acordo com o boletim epidemiológico mais recente, a Ômicron foi identificada em 99,3% das amostras sequenciadas neste ano de 2022. Vale lembrar que essa variante foi o principal motivo do pico de novos casos no estado e no país até o início de março.

Os dados do boletim do Butantan são obtidos a partir de sequenciamento genômico de uma parcela dos testes diagnósticos positivos realizados no instiuto e nos demais parceiros da rede.

+++Fique por dentro dos comportamentos que podem te banir do Whatsapp; veja como evitar

Subvariante da Ômicron preocupa a OMS

Mesmo com as medidas de flexibilização em todo o país e no mundo, o novo foco está na subvariante Omicron, chamada BA2. Ela já responde a 86% dos novos casos, principalmente no Sudeste Asiático, Europa e Estados Unidos, segundo a Organização Mundial da Saúde. Além disso, estudos preliminares da subvariante sugerem que ela pode ser mais infecciosa do que a cepa original de Ômicron. Mas, por outro lado, não há evidências de que o BA2 possa ser mais perigoso ou mortal.

Alguns pesquisadores afirmam que o afrouxamento das medidas de controle, como o uso de máscaras, também pode explicar o aumento de novos casos e a prevalência de BA2 em algumas partes do mundo. Por isso, as orientações para evitar a Covid-19 são as mesmas: buscar as vacinas contra a Covid, incluindo doses de reforço nos tempos indicados; e continuar usando máscaras em ambientes fechados.

*Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.