MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Crise revertida: Volkswagen surpreende e suspende layoff em fábrica de Taubaté

A suspensão dos contratos de trabalho atingiria cerca de 800 trabalhadores. Acordo coletivo da fábrica de Taubaté garante estabilidade aos empregados até 2025

Acordo coletivo da fábrica de Taubaté garante estabilidade aos empregados até 2025
Acordo coletivo da fábrica de Taubaté garante estabilidade aos empregados até 2025 - Volkswagen / Divulgação
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/07/2023, às 21h14

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Volkswagen anunciou nesta segunda-feira (24) uma reviravolta nas medidas planejadas para a fábrica de Taubaté (SP). A suspensão dos contratos de trabalho, conhecida como layoff, que estava programada para iniciar em 1º de agosto e teria duração de dois meses, foi cancelada pela montadora. A decisão se deve ao expressivo aumento nas vendas do modelo Polo, conforme informado em nota pela empresa.

Em vez do layoff que afetaria um turno dos funcionários da fábrica, a Volkswagen optou por aplicar férias coletivas de 10 dias para os dois turnos da unidade. As férias coletivas terão início no próximo dia 31 e estão previstas no Acordo Coletivo dos trabalhadores.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região (Sindmetau) havia informado anteriormente que o layoff atingiria cerca de 800 trabalhadores e poderia se estender por até cinco meses. Inicialmente prevista para junho, a medida foi adiada para julho.

+++ Banco Central projeta crescimento de crédito em 2023; confira as estimativas

Acordo coletivo da fábrica de Taubaté garante estabilidade aos empregados até 2025

O anúncio do programa de carros populares pelo governo federal chegou a fazer a montadora declarar que não adotaria a suspensão dos contratos neste ano. No entanto, com a manutenção da taxa Selic, os planos foram novamente ajustados, resultando no cancelamento do layoff e adoção das férias coletivas.

Conforme o Sindmetau, o acordo coletivo da fábrica de Taubaté garante estabilidade aos empregados até 2025. Atualmente, a planta emprega cerca de 3,1 mil funcionários e é responsável pela produção do modelo Polo Track.

Enquanto isso, a fábrica de São José dos Pinhais mantém um turno dos trabalhadores em layoff desde 5 de junho, enquanto as plantas de São Bernardo do Campo (SP) e São Carlos (SP) continuam operando normalmente.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.