MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Dedução de até R$ 2.275? Aprenda 5 dicas para aumentar restituição no Imposto de Renda

Contribuintes podem ter até R$ 2.275 deduzidos no Imposto de Renda em 2022, que tem prazo até 29 de abril; aprenda 5 dicas para a restituição. Confira

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 13/03/2022, às 18h09

Aprenda 5 dicas para aumentar restituição no Imposto de Renda
Aprenda 5 dicas para aumentar restituição no Imposto de Renda - Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O prazo para a declaração do Imposto de Renda é mais curto esse ano e segue até o dia 29 de abril e as restituições começam a ser pagas em 31 de maio e vão até o dia 30 de setembro. Ainda surgem muitas dúvidas em relação a realização do procedimento e muitos não sabem que podem aumentar a restituição em até R$ 2.275. Veja 5 dicas para aumentar os valores a serem devolvidos no IRPF 2022

A Receita Federal informou que para este ano, existem algumas novidades, como é o caso da possibilidade do cidadão pagar as cotas do Imposto de Renda 2022 via Pix, bem como também receber pelo mesmo sistema de transferência de valores instantâneo. No caso, os DARFs passarão a ser impressos com código de barras e QR Code para facilitar o pagamento via Pix. 

Os obrigados a declarar estão entre os que receberam rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, em situações na qual a soma foi superior a R$ R$ 28.559,70 mil, bem como quem obteve receita bruta no valor superior a R$ 142.798,50 mil para aqueles que têm atividade rural. Se enquadram para prestar contas os cidadãos que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com soma superior a R$ 40.000,00 mil.

Aprenda 5 dicas para aumentar a restituição 

A não familiaridade com o sistema da Receita Federal ou a falta de atenção pode gerar prejuízos e acabar em dor de cabeça. Porque ao invés de receber a restituição, o cidadão pode ser obrigado a refazer a declaração, gerando uma multa de até 75% do imposto devido. 

É certo que a declaração do imposto de renda exige cuidados para que o contribuinte não possa cair na malha fina. Só para se ter uma ideia, no ano passado 869,3 mil contribuintes tiveram que prestar esclarecimentos ao Fisco. Um dos principais motivos ainda é a omissão de rendimentos. Veja como aumentar a restituição:

  • Gastos com saúde e educação
  • Gastos com dependentes
  • Previdência privada
  • Pensão Alimentícia
  • Doações

Os gastos com saúde são os valores pagos a planos de saúde, hospitais, exames, além de consultas com médicos, dentistas, psicólogos e outros. Os valores gastos com saúde são deduzidos integralmente. Já os gastos com educação possuem limite de dedução em 2021, que chega a R$ 3.561,50. 

Os gastos com dependentes podem ser restituídos ao apresentar todas as respectivas receitas. Os considerados como dependentes precisam ser cônjuges, filhos, companheiros, pais, e avós, desde que seja comprovada a dependência. 

Para a pensão alimentícia, só é válido para aqueles determinados judicialmente, estabelecidos mediante acordo na justiça. No caso da previdência privada, os valores pagos ao INSS e fundos de pensão privados também são dedutíveis do Imposto de Renda com dedução de até 12% dos rendimentos tributáveis. Já as doações para instituições e fundos do governo são dedutíveis, mas precisam ser feitas durante o ano da declaração prevista. 

Confira cronograma de restituições

Para o contribuinte que tem direito a receber a restituição do IRPF em 2022, no tocante ao ano base de 2021, o procedimento será efetuado em cinco lotes, que vai do mês de maio a setembro deste ano. Veja datas:

  • 1º lote - 31 de maio de 2022;
  • 2º lote - 30 de junho de 2022;
  • 3º lote - 29 de julho de 2022;
  • 4º lote - 31 de agosto de 2022;
  • 5º lote - 30 de setembro de 2022. 

Veja como declarar o IRPF 2022

O contribuinte pode realizar a declaração do imposto, o procedimento pode ser realizado em um computador e dispositivos móveis. Confira:

  • No computador, no site da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) no endereço: www.gov.br/receitafederal/pt-br;
  • Em dispositivos móveis, pelo aplicativo “Meu Imposto de Renda” disponível para Android e IOS. 

Por meio do portal, o contribuinte pode ter acesso aos seguintes serviços: declaração, instruções sobre o preenchimento, retificação, multa, download do programa, além de outras funções. Para realizar o preenchimento só é necessário ter acesso a um dispositivo móvel, computador ou certificado digital. 

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.