MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Defesa de Bolsonaro informa ao TCU que entregará terceiro conjunto de joias recebidas da Arábia Saudita

Demora para entregar o terceiro conjunto joias de Bolsonaro teria sido causada pela burocracia, diz defesa. Os itens haviam sido incorporados ao acervo pessoal do ex-presidente em 2019

Demora para entregar joias de Bolsonaro teria sido causada pela burocracia, diz defesa
Demora para entregar joias de Bolsonaro teria sido causada pela burocracia, diz defesa - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 31/03/2023, às 21h23

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nessa quinta-feira (30), a defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro enviou um documento ao Tribunal de Contas da União (TCU) informando que entregará à Caixa Econômica Federal o terceiro conjunto de joias recebido como presente da Arábia Saudita e incorporado ao acervo pessoal de Bolsonaro em 2019.

No entanto, os representantes jurídicos de Bolsonaro afirmaram que as peças não fazem parte da investigação aberta sobre o caso das peças retidas pela Receita Federal, após a viagem da comitiva do governo federal à Arábia Saudita, em 2021.

+++ Consumo de carne bovina atinge o menor nível desde 2004 no Brasil; preços continuam altos

Demora para entregar joias de Bolsonaro teria sido causada pela burocracia, diz defesa

Os advogados de Bolsonaro afirmaram que a demora para a entrega das peças foi causada pela "burocracia" da Corte de Contas. A defesa do ex-presidente já havia confirmado que Bolsonaro recebeu pelo menos três conjuntos de joias do país do Golfo Pérsico, sendo que o primeiro a ser revelado foi uma coleção feminina com colar de R$ 16,5 milhões e o segundo um grupo de joias masculinas.

No documento enviado ao TCU, a defesa de Bolsonaro manifestou sua insatisfação com as mudanças na investigação e solicitou à Corte que confirme se há mais algum item que deva ser retirado do acervo pessoal do ex-presidente.

Os advogados de Bolsonaro reforçaram sua intenção de colaborar com o esclarecimento da situação legal dos bens em análise. As informações foram divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.