MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Depois da trégua, servidores do Banco Central retomam greve na próxima terça (03)

Os servidores do Banco Central pedem a reposição das perdas inflacionárias, alterações no plano de carreira e a exigência de nível superior para ingresso dos técnicos do BC

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 30/04/2022, às 15h18

None
Agência Brasil
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Os servidores do Banco Central (BC) retomam a greve por tempo indeterminado na próxima terça-feira (03). Os trabalhadores haviam suspendido as paralisações para atualizar a publicação de alguns indicadores econômicos como fluxo cambial, relatório de poupança e o Boletim Focus. 

A informação foi confirmada pelo Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal) após a aprovação da retomada da greve em assembleia deliberativa.

Em 19 de abril, a categoria havia suspendido a paralisação. Na época, os servidores advertiram que cruzariam os braços novamente caso não houvesse avanço nas negociações. 

Durante o período de trégua, os servidores continuaram trabalhando em esquema de operação-padrão e a fazer paralisações diárias, das 14h às 18h.

+Banco Central alerta sobre fraudes no novo Sistema de Valores a Receber

Diante da falta de publicação de dados econômicos por conta da greve dos servidores do BC, o mercado financeiro estava operando “no escuro”. Contudo, os funcionários deram uma trégua para divulgar alguns dados, principalmente com a proximidade da próxima reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) para avaliar mais uma subida nos juros. 

Assim, nos últimos dias, foram publicados diversos relatórios e estatísticas atrasados como o boletim Focus (pesquisa semanal com instituições financeiras), o Relatório de Poupança e o fluxo cambial. 

Mas, alguns dados não foram divulgados, como os relatórios de crédito (que revela os juros médios das operações de crédito) e do setor externo (balanço das transações do Brasil com o exterior) relativos a fevereiro.

Além dos dados econômicos, o início da segunda fase de consultas e de saques de valores esquecidos, que ocorreria na segunda-feira (2), foi adiado sem ter uma data determinada para a sua implementação.

Confira as reivindicações dos servidores do Banco Central

Os servidores do Banco Central pedem a reposição das perdas inflacionárias nos últimos anos, que segundo os cálculos do Sinal podem chegar a 27%. Além disso, eles também pedem a mudança da nomenclatura de analista para auditor e a exigência de nível superior para ingresso dos técnicos do BC.

Desde o início do ano, os funcionários do BC, assim como de outros órgãos federais, trabalham em esquema de operação-padrão porque o Orçamento de 2022 destinou R$ 1,7 bilhão para reajuste a forças federais de segurança. Em 1º de abril, a categoria decidiu entrar em greve .

*com informaçõe da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.