MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Descubra oito alimentos que fazem mal à saúde e persistem no nosso cardápio

Esses alimentos não apenas podem causar ganho de peso, mas também contribuir para o desenvolvimento de doenças graves. Consultar um nutricionista deve ser prioridade

Consultar um nutricionista pode ser uma ótima maneira de iniciar uma rotina alimentar saudável
Consultar um nutricionista pode ser uma ótima maneira de iniciar uma rotina alimentar saudável - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 19/05/2023, às 21h37

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Uma alimentação saudável é essencial para manter o bem-estar físico e mental. Por isso, é importante ficar atento aos alimentos que podem fazer mal ao nosso organismo. Embora não existam alimentos proibidos, é recomendado evitar e consumir com menos frequência aqueles que podem trazer problemas à saúde.

Veja a lista com os oito alimentos que podem ser prejudiciais e que muitas vezes estão presentes em nosso cotidiano. É crucial lembrar que esses alimentos não apenas podem causar ganho de peso, mas também contribuir para o desenvolvimento de doenças graves, como câncer e colesterol alto.

+++ Cresce o número de trabalhadores acima de 50 anos no Brasil

Consultar um nutricionista pode ser uma ótima maneira de iniciar uma rotina alimentar saudável 

Embutidos: Salsicha, presunto, linguiça, mortadela e outros produtos similares contêm conservantes e substâncias tóxicas, o que pode causar problemas no estômago e obstrução das veias e artérias. Optar por substituições saudáveis, como queijo minas, pode ser uma alternativa viável.

Caldos e temperos industrializados: Os temperos prontos são ricos em sódio e glutamato monossódico, podendo levar a hipertensão arterial e doenças neurológicas graves. Utilizar temperos naturais, como cebola e alho, é uma opção mais saudável.

Biscoitos recheados: Esses alimentos são calóricos e podem elevar os níveis de colesterol no sangue. Além disso, possuem alta concentração de gordura saturada e açúcar, podendo causar hiperatividade e déficit de atenção em crianças e adultos.

Margarina: Rica em gordura trans, a margarina eleva o colesterol ruim e diminui o colesterol bom, representando um risco para a saúde. Optar pela manteiga, em quantidades moderadas, pode ser uma escolha mais saudável.

Refrigerante: Algumas versões dessa bebida são proibidas em certos países devido a ingredientes nocivos, como corantes e sulfetos. O consumo excessivo de refrigerantes pode causar problemas no estômago e está associado a doenças como o câncer.

Sorvete: Essa sobremesa pode conter açúcar em excesso, gorduras trans, corantes, conservantes e saborizantes prejudiciais à saúde. Consumi-lo moderadamente e preferir opções caseiras com frutas e leite pode ser mais saudável.

Batata frita: A alta temperatura de fritura da batata pode gerar uma substância tóxica chamada acrilamida. Além disso, o óleo utilizado para fritar pode causar inflamações e agravar problemas cardíacos, câncer e artrite.

Comidas congeladas: Alimentos congelados são ricos em sódio e gorduras saturadas, contribuindo para o aumento do colesterol e problemas cardíacos. Priorizar alimentos frescos e preparados em casa é uma opção mais saudável.

Ao conhecer esses alimentos prejudiciais à saúde, é possível tomar medidas para reduzir seu consumo. Consultar um nutricionista pode ser uma ótima maneira de iniciar uma rotina alimentar de qualidade nutricional.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.