MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Empregados dos Correios aceitam acordo e evitam paralisação na Black Friday

Trabalhadores dos Correios decidiram não entrar em greve por conta da chegada da Black Friday; paralisação estava prevista para começar amanhã

Centro de distribuição dos Correios
Centro de distribuição dos Correios - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 23/11/2023, às 13h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Os trabalhadores dos Correios de quatro estados (Rio de Janeiro, São Paulo, Maranhão e Bauru) desistiram de entrar em greve por tempo indeterminado, que estava prevista para começar nesta sexta-feira (24), véspera da Black Friday

A decisão foi tomada após a empresa acatar as reivindicações da categoria, que incluíam reajuste salarial, aumento no vale-refeição e antecipação do décimo terceiro salário.

O acordo foi firmado entre a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) e a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect). 

O documento prevê um reajuste salarial de 3,53% a partir de janeiro de 2024, reajuste no vale-refeição, a concessão de um vale extra no valor de R$ 1,5 mil no dia 15 de dezembro, e a antecipação de 50% do décimo terceiro para aqueles que optarem em receber a gratificação natalina no seu período de férias, de janeiro a novembro.

A Findect comemorou o acordo e disse que ele representa uma vitória para os trabalhadores dos Correios. “O acordo atende às reivindicações da categoria e garante um reajuste salarial que acompanha a inflação e outras melhorias nas condições de trabalho”, afirmou o presidente da entidade, Edson dos Santos.

A ECT também se manifestou sobre o acordo e disse que ele é importante para a empresa e para os trabalhadores. “O acordo é resultado de um diálogo construtivo entre a ECT e os sindicatos, que permitiu encontrar uma solução que atende às necessidades de ambas as partes”, afirmou a empresa em nota.

A decisão de evitar a greve dos Correios é uma boa notícia para o comércio eletrônico, que deve registrar um aumento significativo nas vendas na Black Friday. A paralisação, que poderia afetar as entregas de mercadorias, teria causado um impacto negativo para o setor.

+ Trabalhadores podem ficar com mais dinheiro na conta com nova isenção de IR

Saiba mais sobre a Black Friday 

A Black Friday é um evento promocional de vendas que ocorre na quarta sexta-feira do mês de novembro. O termo é uma tradução literal da expressão em inglês "Black Friday", que significa "sexta-feira negra".

A data surgiu nos Estados Unidos, na década de 1960, como uma forma de os lojistas compensarem as perdas que haviam sofrido durante o feriado de Ação de Graças. A data rapidamente se tornou um dos eventos de compras mais populares do mundo, e hoje é celebrada em diversos países, inclusive no Brasil.

Na Black Friday, os lojistas oferecem descontos significativos em uma ampla variedade de produtos, incluindo eletrônicos, eletrodomésticos, roupas, calçados, brinquedos, entre outros. As ofertas costumam ser válidas apenas por um dia, ou até que o estoque acabe.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.