MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Falência? Em crise, Americanas pode sofrer mais um duro golpe da CVM

O presidente da CVM testemunhou na CPI sobre as fraudes contábeis na Americanas. A entidade está investigando o caso, que ganha mais seriedade com o reconhecimento da fraude pela empresa!

Falência? Em crise, Americanas pode sofrer mais um duro golpe da CVM
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 21/06/2023, às 11h22

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), João Pedro Barroso, prestou depoimento nesta terça-feira (20) perante a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara dos Deputados, retomando o caso da fraude contábil envolvendo a Americanas

A CVM, vinculada ao Ministério da Fazenda, é responsável pela fiscalização do mercado de títulos e ações, visando proteger os interesses dos investidores.

Durante seu testemunho, João Pedro Barroso confirmou que a CVM está conduzindo investigações sobre as supostas fraudes contábeis na Americanas. A gravidade do caso é ressaltada pelo reconhecimento da fraude por parte da própria empresa, além das investigações realizadas pelos próprios investidores.

+Confira a relação candidatos por vaga do Vestibular Fatec

Na semana passada, Leonardo Coelho Pereira, atual presidente da Americanas, declarou na CPI que existem indícios de que as auditorias externas da empresa estavam envolvidas nas irregularidades e que o Conselho de Administração desconhecia as dívidas.

Entretanto, o presidente da CVM tem uma percepção diferente sobre o assunto.

Na mesma semana, a Americanas emitiu um comunicado detalhando as fraudes contábeis na empresa, que totalizam um montante de R$ 25 bilhões. Vale ressaltar que o caso da Americanas teve início em 19 de janeiro, quando a empresa solicitou recuperação judicial, alegando dívidas superiores a R$ 40 bilhões.

+Pagamento do Bolsa Família: adicional de R$ 50 entra em vigor; veja quem recebe

A investigação da CVM e as revelações feitas pela Americanas durante a CPI colocam em evidência a magnitude dos problemas contábeis enfrentados pela empresa. À medida que os detalhes das fraudes são expostos, as repercussões no mercado e a confiança dos investidores são abaladas, evidenciando a necessidade de um rigoroso processo de apuração e medidas de correção adequadas. O desfecho deste caso terá implicações significativas para o futuro da Americanas e para o setor empresarial como um todo.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.