MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Fitch eleva notas de crédito de empresas brasileiras, incluindo Petrobras. Entenda

Revisão representa um sinal de estabilidade para o Brasil e empresas contempladas. Classificação de risco mais elevada causa maior facilidade para um país receber investimento

Classificação de risco mais elevada proporciona maior facilidade para um país receber investimento
Classificação de risco mais elevada proporciona maior facilidade para um país receber investimento - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 31/07/2023, às 19h52

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Nesta semana, a agência de classificação de risco Fitch anunciou um upgrade na nota de crédito de diversas empresas brasileiras, com destaque para a Petrobras. Ao todo, 22 companhias tiveram seus graus elevados de BB para BB+. Essa melhora nas classificações está diretamente relacionada à recente elevação da nota de crédito do Brasil, que passou de BB- para BB na última quarta-feira (26).

Segundo a Fitch, essa revisão representa um sinal de estabilidade tanto para o Brasil quanto para as empresas contempladas. Entre as companhias que tiveram suas notas elevadas, além da Petrobras, estão nomes como Aché Laboratórios Farmacêuticos, BR Malls (shopping center), Comgás (Companhia de Gás de São Paulo), Sabesp (Companhia de Saneamento de São Paulo), Companhia Energética de São Paulo, Energisa (distribuidora de energia), Globo, Localiza (aluguel de carros), Rede D'Or São Luiz (hospitais) e Rumo Logística.

As notas de risco, conhecidas como ratings, são classificações que agências emitem periodicamente em relação a países, empresas e ativos financeiros. Essas classificações são importantes para orientar investidores na hora de tomar decisões de alocação de investimentos ou concessão de empréstimos. Uma classificação de risco mais elevada proporciona maior facilidade para um país receber investimento estrangeiro ou obter melhores condições de financiamento.

+++ Confira as propostas do Ministério da Fazenda para impulsionar investimentos no Brasil

Elevação do rating do Brasil reflete o desempenho macroeconômico e fiscal acima do esperado

A Fitch, assim como outras agências globais como a Moody's e a Standard & Poor's, avalia a credibilidade e a capacidade dos emissores (governo ou empresas) de pagarem suas dívidas. As notas são divididas em dois graus: especulativo e de investimento, sendo este último formado pelas instituições com as melhores avaliações.

Para a Petrobras, essa elevação de rating é vista como uma oportunidade de reduzir o custo de financiamento da estatal. Sergio Caetano Leite, diretor financeiro e de Relacionamento com Investidores da Petrobras, considera esse upgrade como um fator que contribui para a redução do custo de capital da empresa, gerando valor adicional para os investidores. Ele ressaltou que a avaliação da Fitch reconhece a solidez financeira da Petrobras e reforça o objetivo de torná-la percebida como um investimento seguro e rentável.

A escala de classificação da Fitch vai desde a nota D, indicando alto risco de inadimplência, até as notas de maior grau de investimento, como A+ e AAA. O Brasil, que perdeu o grau de investimento em 2015 e foi rebaixado para BB- em 2018, agora está a dois passos do retorno ao grau de investimento, com a elevação para BB.

A agência destacou que a elevação do rating do Brasil reflete o desempenho macroeconômico e fiscal acima do esperado, bem como políticas proativas e reformas que sustentaram esse progresso. A Fitch também projeta um crescimento da economia brasileira de 2,3% em 2023, acima da estimativa anterior de 0,7%.

Com a inflação reduzindo e a política monetária seguindo uma trajetória de juros mais baixos, a agência acredita em perspectivas positivas para o país no futuro próximo.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.