MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Gasolina, diesel e gás de cozinha ficam mais caros a partir de hoje. Entenda o motivo

A partir desta quinta-feira (1º), abastecer o veículo e cozinhar ficarão mais caros no Brasil; ICMS vai subir para gasolina, diesel e gás de cozinha

Bomba de gasolina
Bomba de gasolina - Freepik
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 01/02/2024, às 10h57

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A partir desta quinta-feira (1º), abastecer o veículo e cozinhar ficarão mais caros no Brasil. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), tributo cobrado pelos estados, subirá para a gasolina, o diesel e o gás de cozinha.

O aumento reflete a decisão de vários estados de reajustar o ICMS para os produtos em geral para compensar perdas de receita. Na maior parte dos casos, os estados elevaram as alíquotas gerais de 18% para 20%.

No caso dos combustíveis, o reajuste será com valores fixos em centavos. Por exemplo, o ICMS da gasolina subirá de R$ 1,75 para R$ 1,87 por litro em São Paulo.

📲 Junte-se ao canal de notícias do JC Concursos no WhatsApp

Entenda o motivo do aumento 

O aumento foi aprovado em outubro pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), órgão que reúne os secretários estaduais de Fazenda. Esse é o primeiro reajuste do ICMS após a mudança do modelo de cobrança sancionado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro em março de 2022.

Anteriormente, o ICMS incidia conforme um percentual do preço total definido por cada unidade da federação. Agora, o imposto é cobrado conforme um valor fixo por litro, no caso da gasolina ou do diesel, ou por quilograma, no caso do gás de cozinha.

O aumento do ICMS terá um impacto significativo na vida das pessoas. No caso da gasolina, o aumento de R$ 0,12 por litro equivale a uma alta de cerca de 7%. Isso significa que um motorista que abastece o carro com 50 litros pagará R$ 6 a mais.

No caso do diesel, o aumento de R$ 0,15 por litro equivale a uma alta de cerca de 9%. Isso significa que um caminhoneiro que abastece o caminhão com 100 litros pagará R$ 15 a mais.

No caso do gás de cozinha, o aumento de R$ 0,13 por quilo equivale a uma alta de cerca de 8%. Isso significa que uma família que usa um botijão de 13 kg pagará R$ 1,04 a mais.

+ Distrito Federal promove Processo Seletivo com 290 vagas de emprego

Saiba os novos valores 

No caso dos combustíveis, o reajuste será com valores fixos em centavos. Por exemplo, o ICMS da gasolina subirá de R$ 1,75 para R$ 1,87 por litro em São Paulo.

O aumento do ICMS terá um impacto significativo na vida das pessoas. No caso da gasolina, o aumento de R$ 0,15 por litro equivale a uma alta de cerca de 7%. Isso significa que um motorista que abastece o carro com 50 litros pagará R$ 3,50 a mais.

No caso do diesel, o aumento de R$ 0,12 por litro equivale a uma alta de cerca de 9%. Isso significa que um caminhoneiro que abastece o caminhão com 100 litros pagará R$ 12 a mais.

 + Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.