MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Governo de SP sanciona lei do novo salário mínimo estadual de R$ 1.550

O novo piso salarial de São Paulo entra em vigor a partir do mês de junho e está superior ao mínimo nacional, cujo valor é de R$ 1.320

Governo de SP sanciona lei do novo salário mínimo estadual de R$ 1.550
Governo SP
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 25/05/2023, às 15h19

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) sancionou nesta quinta-feira (25), no Palácio dos Bandeirantes, a lei que estabelece o novo salário mínimo no estado de São Paulo no valor de R$ 1.550. Agora, o texto aprovado pela Assembleia Legislativa será publicado no Diário Oficial do Estado, formalizando o processo legal para a aplicação do reajuste. 

O novo valor é superior ao salário mínimo nacional e passará a vigorar a partir do dia 1º de junho.

Durante a cerimônia, o governador declarou: "Nós temos que celebrar as vitórias, as conquistas e cada passo que estamos dando. A gente sabe que muitos passos têm que ser dados, mas é um primeiro passo importante para outros passos vigorosos no sentido de recuperação de poder de compra do trabalhador, de uma sociedade mais justa e humana e de um estado mais desenvolvido, com mais diálogo e dignidade." 

+Relator quer avanço de Reforma Tributária em junho: "estamos abertos"

Tarcísio enfatizou ainda que "nós não vamos passar nenhum ano em São Paulo sem aumento real de salário mínimo acima da inflação."

O novo piso salarial do estado unifica as duas faixas anteriores de remuneração, que eram de R$ 1.284 e R$ 1.306, respectivamente, e representa um reajuste de 20,7% para a primeira faixa e 18,7% para a segunda. O índice de aumento do piso paulista é quatro vezes maior do que a inflação acumulada nos últimos 12 meses, que foi de 4,65%, segundo dados do IBGE.

O reajuste sancionado pela atual gestão estadual também é significativamente superior ao concedido para o piso paulista em 2022, que foi de 10,3%.

+Governo federal inicia pagamento de 13º salário para aposentados e pensionistas. Calendário completo

Criado em 2007, o piso salarial estadual permite que os trabalhadores paulistas recebam remunerações acima do salário mínimo nacional. Os valores propostos pelo Governo do Estado levam em consideração as condições de demanda de mão de obra e o custo de vida em São Paulo, levando em conta as especificidades do mercado de trabalho local.

+++Acompanhe as principais informações sobre o Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.