MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Imposto de Renda 2022: Receita informa que já recebeu mais de 15 milhões de declarações

A Receita Federal tem a expectativa de receber 34,1 milhões de declarações do Imposto de Renda 2022

Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 22/04/2022, às 10h34

None
Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A Receita Federal informou que já recebeu 15,2 milhões de declarações do Imposto de Renda 2022. Apesar do alto número, ele ainda não chega nem na metade da expectativa do órgão fiscal, que espera receber 34,1 milhões de declarações neste ano. 

Inicialmente, o prazo para entrega das declarações do Imposto de Renda 2022 seria até a próxima sexta-feira (29). Entretanto, a Receita prorrogou a entrega dos documentos até o dia 31 de maio. Dessa forma, ainda dá para a outra metade dos brasileiros realizarem a entrega da declaração do imposto de renda com calma. 

Com o novo prazo do recebimento das declarações, o pagamento da primeira parcela ou de cota única pelo débito automático sofreu alteração e passou de 10 de abril para 10 de maio. 

No caso das declarações enviadas após o dia 10 de maio, o contribuinte deverá realizar o pagamento com DARF, que pode ser emitido pelo programa do Imposto de Renda ou pelo Extrato da Declaração, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), do site da Receita.

Apesar das mudanças do prazo, foi mantido o calendário das restituições do Imposto de Renda 2022, também foi mantida a redução de sete para cinco lotes nas restituições desde ano. Veja como fica o calendário. 

  • 1º lote: 31 de maio de 2022
  • 2º lote: 30 de junho de 2022
  • 3º lote: 29 de julho de 2022
  • 4º lote: 31 de agosto de 2022
  • 5º lote: 30 de setembro de 2022

Imposto de Renda 2022: Malha Fiscal

Quando você envia a sua Declaração de Imposto de Renda, ela passa por uma análise dos sistemas da Receita Federal, onde são verificadas as informações que você enviou e elas são comparadas com informações fornecidas por outras entidades (terceiros), que também têm que prestar informações à Receita: empresas, instituições financeiras, planos de saúde e outros.

Se for encontrada alguma diferença entre as informações apresentadas por você em relação às informações apresentadas por terceiros, a sua declaração será separada para uma análise mais profunda, é o que se chama de Malha Fiscal (ou "malha fina" como é popularmente conhecida).

Você não receberá a sua restituição enquanto a sua declaração estiver em Malha Fiscal.

Como saber se eu estou na malha?

Para saber se a sua Declaração está em malha, acesse o e-CAC. Selecione a opção "Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)" e na aba "Processamento", escolha o item "Pendências de Malha". Lá você pode ver se sua declaração está em malha e também verificar qual é o motivo pelo qual ela foi retida.

Se a declaração está em malha porque você cometeu algum erro no preenchimento ou deixou de informar alguma coisa, pode fazer uma retificação da sua declaração, desde que ainda não tenha recebido o termo de intimação.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.