MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Inflação do INPC cresce 1,71% em março e registra o pior mês de março desde 1994

O INPC é um indicador de inflação, medido pelo IBGE, que tem a função de averiguar o rendimento monetário dos trabalhadores em dez regiões metropolitanas do Brasil. Ele é usado para calcular o reajuste do salário mínimo

Victor Meira - victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 08/04/2022, às 14h46

None
Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), utilizado como referência para reajustar o salário mínimo, apresentou alta de 1,71% em março, bem acima do resultado de fevereiro, que foi de 1%. É a maior variação para um mês de março desde 1994, quando registrou uma variação de 43,08%.

No acumulado do ano, o INPC tem alta de 3,42% no ano e 11,73% nos últimos 12 meses, acima dos 10,80% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Os dados foram divulgados hoje (08) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os produtos alimentícios passaram de 1,25% em fevereiro para 2,39% em março. Os não alimentícios também aceleraram 1,50%. A variação foi de 0,92% no mês anterior.

Segundo o IBGE, quanto aos índices regionais, todas as áreas pesquisadas tiveram alta de preços em março. O menor resultado ocorreu na região metropolitana de Belém (1,44%), em função da queda na energia elétrica (-2,98%). A maior variação ficou com a região metropolitana de Curitiba (2,54%), influenciada pelas altas de 11,55% na gasolina e de 20,22% nos ônibus urbanos.

Para o cálculo do índice do mês, foram comparados os preços coletados entre 26 de fevereiro e 30 de março de 2022 (referência) com os preços vigentes entre 29 de janeiro e 25 de fevereiro de 2022 (base).

O INPC é calculado pelo IBGE desde 1979 e se refere às famílias com rendimento monetário de um a cinco salários mínimos, sendo o chefe assalariado, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e Brasília.

*com informações da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil

Comentários

Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.