MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

INSS: aposentados podem receber valores atrasados. Veja quem tem direito

Justiça federal libera mais de R$ 1,12 bilhão para pagar aposentadorias do INSS em atraso; pagamentos serão ajustados a partir do mínimo de R$ 1.302

Fachada de uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)
Fachada de uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - Agência Brasil - Benefícios do INSS
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 07/02/2023, às 20h47

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Os aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem receber valores atrasados. O Conselho da Justiça Federal (CJF), no último dia 24 de janeiro, decidiu que o órgão irá pagar R$ 1,37 bilhão, que irão beneficiar 125.942 segurados com benefícios em atraso.

Do total, R$ 1,12 bilhão será destinado a processos referentes a benefícios previdenciários, a exemplo de aposentadorias, auxílios-doença, pensões e outros benefícios, na qual serão quitadas 58.822 ações, tendo 74.326 benefícios.   

Os pagamentos aos beneficiários do INSS que vencerem a ação serão depositados nas contas da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil, dependendo do calendário de cada tribunal.

Para verificar se e quando receberá o pagamento, o segurado pode entrar em contato com o escritório de advocacia responsável pela ação ou o tribunal onde o procedimento foi conduzido.

+ PIS/Pasep 2023: 22 milhões de trabalhadora começam a receber dia 15; Veja

Veja quem tem direito 

Podem receber a bolada do INSS os segurados que processaram a autarquia e ganharam a ação e a data de ordem de pagamento do juiz, prevista para acontecer ainda em 2023. Vale destacar que o processo precisa ser de até 60 salários mínimos, a partir do reajuste de R$ 1.302.

Ainda a ação precisa ser encerrada, sem a possibilidade de recurso do INSS, situação em que há o trânsito em julgado. As Requisições de Pequeno Valor (RPVs) são revisões de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença e Benefício de Prestação Continuada (BPC). 

Consulte valores pagos por cada tribunal

  • TRF da 1ª Região (DF, MG, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP): RPVs previdenciárias – R$ 513 milhões (33 mil beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 2ª Região (RJ e ES): RPVs previdenciárias – R$ 101 milhões (5 mil beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 3ª Região (SP e MS): RPVs previdenciárias – R$ 249 milhões (7,6 mil beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 4ª Região (RS, PR e SC): RPVs previdenciárias – R$ 252 milhões (15,4 mil beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 5ª Região (PE, CE, AL, SE, RN e PB): RPVs previdenciárias – R$ 169 milhões (13 mil beneficiários). Consulte clicando aqui.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.