MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

INSS libera informe de rendimento para Imposto de Renda 2023; Veja como emitir

Aposentados, pensionistas e quem recebe ou recebeu qualquer benefício do Instituto Nacional do Seguro Social em 2022 já podem emitir o informe de rendimentos do INSS

Prédio da Previdência Social
Prédio da Previdência Social - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 19/02/2023, às 16h07

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Aposentados, pensionistas e quem recebe ou recebeu qualquer benefício do Instituto Nacional do Seguro Social em 2022 já podem emitir o informe de rendimentos do INSS. O documento é necessário para fazer a declaração do Imposto de Renda 2023, que vai ser recebida a partir do dia 15 de março.

O extrato traz os valores recebidos no ano anterior, informação necessária para a Declaração Anual de Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) deste ano. Sendo assim, é importante já obter esse documento e separar os demais para agilizar o procedimento quando chegar a hora de fazer.

Declarar logo nos primeiros dias traz um benefício ao contribuinte: figurar entre os primeiros na hora de receber a restituição do imposto pago a maior. Todas as regras para prestar conta ao Fisco serão divulgadas pela Receita Federal no dia 27 de fevereiro.

+Confira as penalidades para quem não fizer a declaração do Imposto de Renda

Como emitir o informe de rendimento do INSS?

O documento para declarar o Imposto de Renda 2023 pode ser obtido sem sair de casa, totalmente de forma online, por meio do site Meu INSS, mediante cadastro, ou mesmo pelo aplicativo Meu INSS, disponível para smartphones com sistema operacional Android ou iOS.

Após login, basta acessar o serviço "Extrato de Imposto de Renda" e, na sequência, baixar o arquivo. A emissão do informe de rendimentos do INSS é gratuita, basta ter acesso à internert, e é liberada na hora. Quem preferir pode ir presencialmente em uma das agências do INSS e também é possível obter o documento junto ao banco onde recebe seu benefício.

Em caso de dúvidas, o cidadão pode entrar em contato com a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135. O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h. Vale ressaltar que o trabalhador de empresa privada deve solicitar o informe no local de trabalho. As empresas têm até o dia 28 de fevereiro para emitir e, em geral, fazem isso de forma automática, disponibilizando via e-mail ao funcionário ou de maneira física no setor de Recursos Humanos.

Organize-se e evite erros

Confira algumas dicas para evitar erros ao declarar o IR:

  • Organizar documentos de pagamentos e obtenção de ganhos financeiros antes de começar a declaração;
  • Ser transparente com a Receita Federal e informar todos os rendimentos recebidos no ano anterior, assim como comprovar todos os gastos que geram dedução;
  • Revisar a declaração antes do envio para evitar erros de preenchimento;
  • Identificar operações que não ocorrem com frequência, para evitar omissão de dados. Entre essas operações, estão compra e venda de bens acima de R$ 5 mil, que podem gerar ganhos de capital;
  • Evitar a inclusão de dependentes em duas declarações;
  • Incluir os rendimentos próprios dos dependentes, como filho que recebe pensão de ex-cônjuge;
  • Evitar inclusão de despesas médicas indedutíveis ou sem comprovação; e
  • Acompanhar o processamento da declaração após a entrega e retificar dados inconsistentes ou omitidos o mais rápido possível.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.