MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

INSS: R$ 1 bi de atrasados pagos pela Justiça. Saiba se você tem direito

CJF liberou R$ 1,007 bilhão para quitar valores atrasados de aposentadorias e pensões do INSS; bolada será paga para 66.216 segurados do instituto

Um homem segura notas de dinheiro ao lado de um calendário
Um homem segura notas de dinheiro ao lado de um calendário - Divulgação JC - RPVs do INSS
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 20/02/2023, às 14h53

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Em decisão favorável a segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o Conselho da Justiça Federal (CJF) liberou R$ 1,007 bilhão para quitar valores atrasados de aposentadorias e pensões do órgão federal. 

A decisão acontece após beneficiários revindicarem na justiça aposentadorias e pensões atrasadas. A bolada bilionária paga as dívidas do instituto com 66.216 beneficiários, que venceram 50.524 processos de até 60 salários mínimos em todas as cinco regiões do país.

Neste caso, o pagamento é realizado por meio de cronograma de cada Tribunal Regional Federal. As ações, conhecidas como Requisições de Pequeno Valor (RPVs), serão pagas a partir do novo valor do salário mínimo, que até o momento é de R$ 1.302. O limite da requisição não pode ultrapassar R$ 78.120.

Os pagamentos aos beneficiários do INSS que vencerem a ação serão depositados nas contas da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. Para verificar se e quando receberá o pagamento, o segurado pode entrar em contato com o escritório de advocacia responsável pela ação ou o tribunal onde o procedimento foi conduzido.

+ William Bonner fora do Jornal Nacional? Jornalista explica o seu afastamento

Veja quem tem direito 

Podem receber a bolada do INSS os segurados que processaram a autarquia e ganharam a ação e a data de ordem de pagamento do juiz, prevista para acontecer ainda em 2023. Vale destacar que o processo precisa ser de até 60 salários mínimos, a partir do reajuste de R$ 1.302.

Ainda a ação precisa ser encerrada, sem a possibilidade de recurso do INSS, situação em que há o trânsito em julgado. As Requisições de Pequeno Valor (RPVs) são revisões de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença e Benefício de Prestação Continuada (BPC). 

Neste caso, o CJF liberou R$ 1,2 bilhão para pagar as RPVs que foram autuadas em janeiro de segurados que venceram na justiça 86.712 processos contra a autarquia com valor máximo de até 60 salários mínimos. 

Consulte valores pagos por cada tribunal

  • TRF da 1ª Região (DF, MG, GO, TO, MT, BA, PI, MA, PA, AM, AC, RR, RO e AP): Geral – R$ 374 milhões (19.462 mil beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 2ª Região (RJ e ES): Geral – R$ 97 milhões (5.102 beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 3ª Região (SP e MS): Geral – R$ 184 milhões (6.809 beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 4ª Região (RS, PR e SC): Geral – R$ 291 milhões (17.403 beneficiários). Consulte clicando aqui;
  • TRF da 5ª Região (PE, CE, AL, SE, RN e PB): Geral – R$ 239 milhões (17.440 beneficiários). Consulte clicando aqui.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.