MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Internet Grátis: governo anuncia 1 milhão de chips pelo CadÚnico. Veja como solicitar

Ministério do Desenvolvimento anunciou em publicação nas redes sociais a destinação de 1 milhão de chips com internet grátis pelo CadÚnico. Saiba mais

Chips de celular
Chips de celular - Divulgação - Internet grátis
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 09/03/2023, às 16h59

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome anunciou em publicação do Instagram, que o governo federal irá destinar 1 milhão de chips com internet grátis para alunos da rede pública que estão cadastrados no Cadastro Único (CadÚnico). 

A iniciativa tem a parceria do MDS e do Ministério das Comunicações, e foi tratada com entusiasmo pelos ministros Wellington Dias e Juscelino Filho. Ainda, no encontro das pastas, também foi anunciado o envio de antenas de TV digital para as famílias cadastradas no CadÚnico. 

+ MINHA CASA MINHA VIDA: governo amplia subsídio para até R$ 140 mil

Veja como solicitar 

Para passar a ter o benefício da internet grátis e antenas de TV digital, o responsável pelo grupo familiar deve comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo da sua residência para fazer a inscrição no Cadastro Único.

É possível realizar o pré-cadastro no aplicativo do CadÚnico disponível para os sistemas Android e iOS. Após esse passo, o cidadão deve comparecer, até o prazo de 120 dias ao CRAS ou um dos pontos de atendimento do Cadastro Único para realizar a complementação dos dados. 

Vale lembrar que os dados dos beneficiários devem ser atualizados a cada dois anos, essa é uma das exigências para continuar recebendo os benefícios sociais do governo. Caso não seja realizado o procedimento, o beneficiário pode ter o benefício interrompido. 

O CadÚnico integra mais de 20 bases de dados do governo, a partir do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Com isso, é possível o cruzamento de dados para saber se a família é elegível para receber o Bolsa Família. Veja os registros disponíveis para cruzamento de dados: 

  • Dados de nascimento;
  • Óbito;
  • Identificação pessoal (a exemplo do CPF);
  • Informações atualizadas de renda;
  • Vínculos de emprego formal;
  • Benefícios previdenciários;
  • Auxílios do INSS.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.