MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Investimento milionário! Ministério da Cultura lança editais de bolsas para cineastas estreantes

As bolsas de R$ 140 mil serão distribuídas entre as três chamadas públicas: Curta Criança 2023, Curta Afirmativo 2023 e Curta para Mulheres 2023. Veja como participar

Avaliação dos projetos considerará alguns critérios como a abrangência temática e proposta estética
Avaliação dos projetos considerará alguns critérios como a abrangência temática e proposta estética - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 21/08/2023, às 20h23

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Um investimento notável tomou forma na última sexta-feira (18) com o lançamento de editais impactantes pela Secretaria de Audiovisual do Ministério da Cultura (MinC). Com a intenção de fomentar a expressão artística de cineastas iniciantes, esses editais inovadores incentivam criar filmes curta-metragem que se destaquem pela autenticidade e originalidade.

A iniciativa representa um aporte de expressivos R$ 4,2 milhões, destinados a um total de 10 bolsas, cada uma no valor de R$ 140 mil. Essas bolsas serão distribuídas entre as três chamadas públicas: Curta Criança 2023, Curta Afirmativo 2023 e Curta para Mulheres 2023.

As inscrições, já em andamento, prosseguem até o dia 27 de setembro, através do eficiente Sistema Mapas Cultura. A condição essencial para participação nos editais é que os projetos audiovisuais de curta-metragem sejam submetidos por indivíduos brasileiros natos ou naturalizados, com foco na direção, podendo desempenhar outras funções facultativamente.

+++ Saiba como a greve em Hollywood pode afetar os filmes e séries que você assiste

Avaliação dos projetos considerará alguns critérios como a abrangência temática e proposta estética

As produções podem abranger tanto o gênero ficção quanto documentário, abrindo ainda espaço para a exploração de técnicas de animação. Uma característica singular dos editais é a concessão de pontos adicionais a equipes que englobem membros com deficiências, especialmente na direção, roteiro e produção executiva.

A avaliação dos projetos considerará aspectos como a abrangência temática, a eficácia da comunicação com o público, aspectos artísticos, estrutura narrativa, desenvolvimento de personagens e proposta estética. Além disso, o impacto cultural e a contribuição para o enriquecimento do público também pesarão nas decisões.

A Secretaria de Audiovisual ressaltou que as produções independentes devem ter duração entre 10 e 15 minutos, abarcando tanto a ficção quanto o documentário, e incluindo a possibilidade de utilização de técnicas de animação. O edital Curta Criança concentra-se em temas relacionados à infância, enquanto o Curta Afirmativo busca obras de temática livre dirigidas por cineastas negros (pretos e pardos) ou indígenas.

Por fim, o edital Curta para Mulheres destina-se à direção de obras com temática livre por mulheres cis ou transgênero.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.