MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Lula vai deixar a presidência por problemas de saúde; Saiba mais sobre a doença

Após cumprir agenda internacional nos Estados Unidos e Cuba, o presidente Lula vai precisar deixar o cargo para cuidar de problema de saúde

Presidente Lula com cabeça baixa e mãos no rosto e a bandeira do Brasil ao fundo
Presidente Lula com cabeça baixa e mãos no rosto e a bandeira do Brasil ao fundo - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/09/2023, às 20h01 - Atualizado em 25/09/2023, às 15h28

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após uma intensa agenda internacional nos Estados Unidos e Cuba, enfrentará um problema de saúde que o afastará do cargo. Lula será submetido a uma cirurgia no quadril no dia 29 de setembro, no Hospital Sírio-Libanês, em Brasília, devido a um quadro de artrose na cabeça do fêmur.

A artrose na cabeça do fêmur é um desgaste na cartilagem que reveste as articulações, e o presidente tem se queixado de dores cada vez mais frequentes. A intervenção médica, conhecida como artroplastia do quadril, consiste na substituição da articulação afetada por uma prótese artificial.

O procedimento tem como objetivos principais aliviar a dor, corrigir deformidades e recuperar o movimento da articulação, proporcionando ao paciente maior conforto nas atividades diárias e de locomoção.

No final de julho, Lula passou por uma denervação percutânea no quadril direito no mesmo hospital, buscando alívio temporário das dores até a realização da cirurgia. O procedimento foi realizado com sucesso e sem complicações.

+Tesouro Direto vai sortear até R$ 50 mil; Saiba como concorrer ao prêmio

Entenda o que é a artroplastia do quadril

A cirurgia a que o presidente Lula será submetido, a artroplastia do quadril, envolve a substituição da articulação do quadril danificada por uma articulação artificial, conhecida como prótese. Esta prótese é composta por componentes metálicos e plásticos, que reconstituem a estrutura da articulação do quadril.

Segundo informações do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), a cirurgia visa não apenas aliviar a dor causada pela artrose, mas também corrigir deformidades e restaurar o movimento da articulação. Isso possibilitará ao presidente retomar suas atividades diárias e de locomoção, como sentar, andar, subir e descer escadas. Portanto, o afastamento do cargo de presidente será temporário.

Recuperação e cuidados pós-cirúrgicos

Após a cirurgia, o paciente geralmente requer o uso de muletas ou um andador durante a recuperação. Além disso, a fisioterapia desempenha um papel crucial no processo de reabilitação. Exercícios específicos devem ser realizados regularmente para ajudar na reconstrução dos movimentos do quadril.

Ao caminhar, é recomendado que o paciente coloque primeiro o andador ou as muletas à frente, avance com a perna operada, apoie o peso do corpo nos braços e, por último, mova a perna não operada. A quantidade de peso a ser colocada sobre a perna operada será determinada pelo ortopedista e pelo fisioterapeuta.

No dia da alta hospitalar, espera-se que o paciente esteja sem dor, seja capaz de andar com o auxílio de muletas ou andador, e tenha plena consciência das atividades que não pode realizar durante o período determinado pelo ortopedista. Seguindo as orientações médicas e cuidados adequados, o paciente deve retomar suas atividades normais com independência e sem dor.

O período estimado de recuperação é de aproximadamente seis semanas, após o qual o presidente Lula deverá retornar ao Palácio da Alvorada e ao exercício de suas funções presidenciais. Durante sua ausência, o vice-presidente Geraldo Alckmin assumirá interinamente a presidência da República.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.