MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Minha Casa, Minha Vida em SP: imóveis estão cada vez menores, indica estudo

Imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida em SP diminuem 5m² em 5 anos, apertando lavanderias e corredores. Comprador precisa planejar disposição de móveis

Minha Casa, Minha Vida em SP: imóveis estão cada vez menores, indica estudo
Freepik
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 17/02/2023, às 23h40

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Um levantamento realizado pelo Sindicato das Empresas de Compra, Venda e Administração de Imóveis mostra que o tamanho médio dos lançamentos residenciais do Minha Casa, Minha Vida, anteriormente atendida pelo programa Casa Verde e Amarela, diminuiu 5,3 m² em cinco anos na cidade de São Paulo.

Em 2018, a área útil média desses empreendimentos era de 40,9 m². Em 2022, ela caiu para 35,6 m².

Na capital paulista, somente quatro incorporadoras atendem o mercado de projetos econômicos: Cury, MRV, Plano & Plano e Tenda. A Plano foi a que mais reduziu o tamanho dos lançamentos, que foi de 40,2 m² em 2017 para 33,3 m² em média em 2022.

+Quina: sortudo do RJ leva prêmio milionário no concurso 6080

Para o G1, a diretora de incorporação da empresa, Renée Garófalo Silveira, a razão para a queda da metragem dos apartamentos tem relação com a diminuição da renda das famílias. Além disso, dois fatores podem explicar a deterioração da renda foram: 

  • o aumento do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) encareceu o valor da unidade;
  • a alta da taxa básica de juros e a deterioração da renda tornaram o financiamento mais caro.

Diminuição dos imóveis tirou corredores e as lavanderias

Antes, as lavanderias eram uma área anexa às cozinhas, mas nas novas plantas das incorporadoras, elas invadem o espaço das cozinhas, ficando de frente para a bancada da pia e geladeira. Já os corredores que costumavam ligar os grupos cozinha-lavanderia e sala-quarto-banheiros foram diminuídos.

Para aproveitar o espaço em apartamentos com um dormitório, a Plano decidiu incorporar o banheiro ao quarto, visando oferecer uma área maior para os outros ambientes. Contudo, a falta de espaço pode ser um desafio para quem precisa acomodar uma cama de casal e armários no quarto.

+Justiça de São Paulo suspende ação que pedia retirada de barracas das ruas da cidade

Com a redução de espaço, a solução para acomodar todos os móveis e eletrodomésticos é planejar muito bem a disposição de cada item nos cômodos. Para isso, muitos compradores optam por móveis planejados sob medida. No entanto, essa opção costuma ter um valor mais alto, o que pode pesar no bolso de quem já suou para encaixar a parcela do imóvel no orçamento.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, responsável pelo programa, a redução do tamanho dos imóveis é resultado de uma estratégia para atender a um público mais amplo, que inclui pessoas solteiras, casais sem filhos e famílias menores. Ainda segundo o banco, a área mínima do imóvel depende do número de dormitórios, que pode variar de 40 a 60 metros quadrados.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.