MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Mudou o critério para receber o Bolsa Família em 2024; Veja qual

O ano mudou e com ele foi alterado um dos critérios para conseguir receber o auxílio mensal do Bolsa Família. Saiba se você continua apto a embolsar o benefício social

Mulher segura cartão do Bolsa Família e notas de cem reais
Mulher segura cartão do Bolsa Família e notas de cem reais - Divulgação/Agência Brasil
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 08/01/2024, às 15h26

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O ano mudou e com ele foi alterado um dos critérios para conseguir receber o auxílio mensal do Bolsa Família. Isso porque o salário mínimo aumentou mais de 6%, acima da inflacão registrada nos últimos 12 meses, que foi abaixo de 4%. O valor foi de R$ 1.320 para R$ 1.412. Mas qual é a relação entre  o piso básico nacional e o benefício social, você pode estar se perguntando.

Eles têm tudo a ver. A porta de entrada para requisitar o Bolsa Família e diversos outros benefícios concedidos pelo governo é o Cadastro Único, sistema federal que concentra dados e informações sobre milhões de famílias. O CadÚnico foi criado em 2001 como um instrumento para identificar e conhecer as famílias de baixa renda - únicas aptas a embolsar a ajuda financeira do programa.

São consideradas famílias de baixa renda aquelas que têm renda per capita (por cabeça) de até meio salário mínimo. Portanto, com o reajuste salarial que já está em vigor e vale para todo o país, o critério de baixa renda mudou. Agora, só lares com R$ 706,00 de renda por pessoa atendem a esse requisito.

Vale ressaltar que é possível fazer registro no Cadastro Único para ter acesso a outros programas de assistência social e redistribuição de renda, diverso do Bolsa Família, quem tem renda familiar total de até três salários mínimos - o que corresponde, atualmente, à quantia de R$ 4.236,00.

+Veja vídeos da invasão à Brasília em 8 de janeiro de 2023 e prejuízos causados

Veja todos os critérios para ganhar o Bolsa Família em 2024

Mas não basta apenas ser considerado de baixa renda e se registrar no CadÚnico para conseguir o auxílio. Além da frequência escolar, outras condições devem ser atendidas:

  • gestantes devem fazer acompanhamento pré-natal;
  • a caderneta de vacinação de todos os membros da família devem estar atualizadas;
  • o estado nutricional de crianças menores de sete anos deve ser monitorado; e
  • é preciso ter renda mensal per capita de até R$ 218.

Como ingressar no Cadastro Único?

O cadastro deve ser feito presencialmente, mas dá para fazer o pré-cadastro no aplicativo CadÚnico. Depois, o interessado precisa comparecer, em até 120 dias, ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou a um dos postos de atendimento do CadÚnico para complementar os dados, munido dos seguintes documentos:

  • CPF (Cadastro de Pessoa Física) ou Título de Eleitor de todos os membros da família maiores de 18 anos
  • Certidão de Nascimento ou RG (Registro Geral) de todos os membros da família
  • Comprovante de residência, que pode ser uma conta de luz, água, gás ou telefone, desde que esteja em nome de alguém da família e seja recente (com no máximo três meses de emissão)
  • Carteira de Trabalho ou contracheque, se houver algum membro da família que trabalhe com carteira assinada
  • Comprovante de renda dos demais membros da família, como aposentadoria, pensão, benefício de prestação continuada, entre outros

Além desses documentos, é importante que a família esteja atenta às informações que serão prestadas durante o cadastramento, pois elas serão utilizadas para a seleção e o acesso aos programas sociais do governo. Por isso, é fundamental que todas as informações fornecidas sejam verdadeiras e atualizadas.

Continua com dúvidas?

Para consultar se o benefício social foi depositado para você basta acessar o aplicativo Bolsa Família ou o aplicativo Caixa Tem. Em caso de dúvidas, é possível buscar atendimento em agências da Caixa Econômica Federal. O Ministério do Desenvolvimento Social oferece atendimento pelos telefones 111 ou 121.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.