MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

O que se sabe sobre redução da taxa de juros do consignado do INSS em agosto

Bancos iniciaram redução da taxa de juros do crédito consignado do INSS em agosto após Copom baixar a taxa Selic no início deste mês. Saiba os detalhes

Dois idosos sorrindo
Dois idosos sorrindo - Freepik
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 10/08/2023, às 18h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Caixa Econômica Federal iniciou a redução nas taxas de juros cobradas para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para o crédito consignado, essa pode ser uma ótima notícia para usuários que possuem empréstimo ativo. 

Com isso, as taxas que estavam em 1,74%, sofreram reajuste e passaram a ficar ao menos em 1,70% ao mês, o que representa uma diminuição de 2,3% no total. Essa diminuição pode afetar diretamente a vida de quem contratou esse tipo de serviço.

A presidente da Caixa, Rita Serrano, afirmou à imprensa que a diminuição das taxas representa o estabelecimento de condições equitativas no acesso ao crédito, o que resulta na democratização e alcance dos serviços financeiros. 

Para Serrano: "Essa medida contribui para a administração financeira dos nossos clientes, alinhada às ações correntes do banco no que diz respeito à renegociação de dívidas, e fomenta o crescimento econômico do país". 

Ela também, sobre o assunto, acrescenta que está empenhada em oferecer aos clientes do banco público "taxas justas e apropriadas à realidade do desenvolvimento e crescimento nacionais".

+ PIX de R$ 100 mil: Saiba quem ganhou doação do ex-presidente Bolsonaro

Mais redução de juros 

O Banco do Brasil também emitiu um comunicado a respeito de sua decisão. A partir da última sexta-feira (4), foram realizados ajustes nas taxas de juros de várias categorias de empréstimos. 

Estas mudanças abrangem diferentes modalidades, incluindo empréstimo consignado, crédito automático, empréstimo salarial, benefício, renovação e adiantamento do 13º salário.

No que diz respeito ao empréstimo consignado fornecido aos beneficiários do INSS pelo Banco do Brasil, as taxas mínimas passaram por um ajuste de 1,81% para 1,77% ao mês, enquanto as taxas máximas foram reduzidas de 1,95% para 1,89% ao mês.

Além disso, o Banco do Brasil expressou sua intenção de diminuir as taxas associadas a produtos como desconto de títulos, capital de giro e conta garantida, entre outros. Estas reduções serão aplicadas de maneira individualizada, considerando o perfil específico de cada cliente.

Selic em queda 

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) realizou uma decisão histórica ao escolher, de forma unânime, efetuar um corte nas taxas de juros básicos da economia brasileira. 

Durante a reunião concluída no dia 2 de agosto, a autoridade decidiu reduzir a taxa Selic em 0,50 ponto percentual, fixando-a em 13,25% ao ano. Essa resolução pegou muitos participantes do mercado de surpresa, visto que a expectativa majoritária era de um corte menor, de 0,25 ponto percentual.

Todos os membros do comitê, incluindo o presidente do BC, Roberto de Oliveira Campos Neto, votaram a favor da diminuição das taxas de juros. Houve uma diferença mínima entre os votos, sendo que o presidente do BC teve a prerrogativa final, assegurando a aprovação do corte de 0,50 ponto percentual na taxa Selic.

Este acontecimento marca a primeira vez em quase três anos que o Copom opta por reduzir os juros básicos da economia. Desde agosto de 2020, a taxa estava seguindo uma trajetória de aumento, com 12 elevações consecutivas, culminando em 13,75% em agosto de 2022. A partir desse ponto, ela permaneceu inalterada durante sete períodos.

+Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.