MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Percebeu o suco de laranja mais caro? Situação inédita preocupa produtores

Efeitos da escassez de laranjas já estão sendo sentidos nos preços ao consumidor. Indústria também está enfrentando impactos significativos nos custos de produção

Efeitos da escassez de laranjas já estão sendo sentidos nos preços ao consumidor
Efeitos da escassez de laranjas já estão sendo sentidos nos preços ao consumidor - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 19/09/2023, às 21h48 - Atualizado em 20/09/2023, às 11h11

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A escassez de laranjas está abalando a produção global de suco cítrico, e o Brasil, líder na produção mundial dessa fruta e um destacado exportador de suco de laranja, se encontra em meio à pior crise de estoque de laranjas, de acordo com dados da Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR). Essa situação inédita desde 2011 está gerando preocupações sobre o fornecimento global de uma das bebidas mais populares do mundo.

Os números atuais apontam para a existência de apenas 84.745 toneladas de suco armazenadas pelos associados da CitrusBR, o que representa uma significativa queda de 40% em relação ao ano anterior.

A batalha pela obtenção de laranjas está aquecida, com a indústria e os consumidores disputando o acesso à fruta. Fernanda Geraldini, pesquisadora especializada em frutas da equipe de hortifrúti do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq - USP), observa que a maioria da produção de laranjas no Brasil é destinada à exportação.

+++ Alimentos industrializados vão ficar mais caro com impostos da reforma tributária?

Efeitos da escassez de laranjas já estão sendo sentidos nos preços ao consumidor

O Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) de agosto registrou um aumento de 10% nos sucos de frutas, sem distinção de sabor. O preço da laranja-pera, uma das variedades mais populares, subiu 9% no mesmo período. A lima foi a que teve o maior aumento, com uma elevação de 17%.

A indústria também está enfrentando impactos significativos nos custos de produção. Em setembro, o preço da laranja-pera aumentou em impressionantes 16,6% em comparação com o mesmo mês do ano anterior, de acordo com dados do Cepea.

Essa crise de escassez global de laranjas tem raízes em dois fatores cruciais: mudanças climáticas e a disseminação da doença conhecida como "greening", que afeta os pomares e compromete a qualidade e a produtividade das frutas.

Esses desafios não estão limitados apenas à produção brasileira; os Estados Unidos, outro grande ator na indústria de suco de laranja, também enfrentam dificuldades. Atualmente, os Estados Unidos experimentam o volume mais baixo de laranjas em sua série histórica, conforme o Departamento de Agricultura do país (USDA).

Antes dos impactos do "greening", os Estados Unidos ocupavam a segunda posição na produção mundial de suco de laranja, perdendo apenas para o Brasil. Entretanto, atualmente, os Estados Unidos caíram para o terceiro lugar, atrás do México, sofrendo uma notável redução na produção.

A seca e a crescente demanda por laranjas nos mercados de frutas frescas também afetaram o México e a Espanha, agravando ainda mais a escassez global de laranjas.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.