MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Petrobras anuncia redução no preço do diesel. Saiba como fica valor nas bombas

Redução no preço do diesel passa a valer a partir de amanhã (8), informou a Petrobras; redução do combustível vendido para distribuidoras ficou em R$ 0,40

Petrobras anuncia redução no preço do diesel
Petrobras anuncia redução no preço do diesel - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 07/02/2023, às 14h46

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (7) no Estado do Rio de Janeiro, nova redução de R$ 0,40 no preço do diesel vendido pela companhia para as distribuidoras de combustíveis. Uma queda que representa percentual de 8,8%. A medida valerá a partir de amanhã (8). 

A alteração no valor de vendas para as distribuidoras tem como principal foco buscar um equilíbrio dos preços da Petrobras em comparação aos mercados nacional e internacional, segundo afirmação da estatal. 

+ Indicador de Emprego, do FGV-Ibre, cai em janeiro com a expectativa baixa de crescimento

Veja valor nas bombas 

A partir da variação de preço, o valor do litro do diesel comprado pelas distribuidoras, classificado como diesel A, terá queda de R$ 4,50 para R$ 4,10, de acordo com informações da Petrobras. 

Já o diesel nas bombas, comprado diretamente pelos motoristas, tem estimativa de valor final R$ 3,69 por litro. O combustível comprado pelos condutores de veículos é resultado de uma mistura de 90% do diesel A, vendido pela Petrobras, e 10% de biodiesel.  

A empresa afirma que a redução tem em vista preservar um ambiente competitivo nos termos da lei. "A companhia, na formação de preços de derivados de petróleo e gás natural no mercado interno, busca evitar o repasse da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio, ao passo que preserva um ambiente competitivo salutar nos termos da legislação vigente", acrescentou.

MP prorrogou desoneração dos combustíveis 

A desoneração de impostos federais sobre combustíveis foi prorrogada por meio da Medida Provisória (MP) 1157/23, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no último dia 2 de fevereiro. A isenção de impostos foi estabelecida pelo governo anterior para conter a alta do preço de combustíveis e perdeu validade em 31 de dezembro de 2022. 

Com isso, a nova MP zera as alíquotas PIS/Pasep e Cofins sobre óleo diesel, biodiesel e gás natural, até 31 de dezembro deste ano. Em relação ao álcool e a gasolina, a isenção de PIS/Pasep e Cofins é estendida por mais 60 dias, até 28 de fevereiro de 2023.

Além disso, a medida também isenta de PIS/Pasep e da Cofins, até 28 de fevereiro de 2023, o querosene de aviação e gás natural veicular, incluída as transações de importação.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias e Agência Brasil

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.