MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Polícia Federal realiza operação em Maceió por prováveis crimes envolvendo a Braskem

Capital alagoana testemunhou a exploração de sal-gema entre 1976 e 2019. Suspeita-se da apresentação de estudos ambientais falsos ou enganosos nas minas da Braskem

Suspeita-se de estudos ambientais falsos ou enganosos nas minas da Braskem em Maceió
Suspeita-se de estudos ambientais falsos ou enganosos nas minas da Braskem em Maceió - UFAL
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 21/12/2023, às 11h16 - Atualizado às 11h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Na manhã desta quinta-feira (21), a Polícia Federal (PF) iniciou a Operação Lágrimas de Sal, desdobrando esforços para investigar possíveis crimes decorrentes da exploração de sal-gema pela empresa Braskem em Maceió ao longo de décadas.

A capital alagoana testemunhou a exploração de sal-gema entre 1976 e 2019, resultando em séria instabilidade no solo de bairros como Pinheiro, Mutange, Bebedouro e áreas adjacentes. Mais de 60 mil pessoas foram forçadas a abandonar esses bairros devido aos riscos iminentes de desmoronamento de casas, ruas e ao fechamento do comércio local.

As investigações conduzidas pela PF revelaram indícios de que as práticas de mineração empregadas no local não estavam conforme os padrões de segurança estabelecidos pela literatura científica e pelos planos de lavra. Essas diretrizes visavam garantir a estabilidade das minas e a segurança da população residente na superfície.

Suspeita-se de estudos ambientais falsos ou enganosos nas minas da Braskem em Maceió

A apuração até o momento identificou a possível apresentação de dados falsos e a omissão de informações cruciais aos órgãos públicos encarregados da fiscalização. Essas práticas possibilitaram a continuidade das operações mesmo diante de problemas de estabilidade nas cavidades de sal e sinais de subsidência do solo acima das minas.

A PF alertou que os responsáveis poderão responder por crimes como poluição qualificada, usurpação de recursos da União, apresentação de estudos ambientais falsos ou enganosos, além de outros delitos relacionados.

Cerca de 60 policiais federais estão cumprindo 14 mandados judiciais de busca e apreensão em endereços vinculados aos investigados nas cidades de Maceió, Rio de Janeiro e Aracaju, capital de Sergipe. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Alagoas.

O nome da operação, Lágrimas de Sal, é uma referência explícita ao sofrimento infligido à população devido às consequências da exploração de sal-gema.

O que diz a Braskem

Em resposta, a Braskem informou em comunicado que está acompanhando a operação e está à disposição das autoridades, reafirmando seu compromisso com a transparência e colaboração. A empresa assegurou que todas as informações necessárias serão prestadas ao longo do processo.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.