MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Preço do litro da gasolina volta a cair nesta semana, aponta ANP

Nesta sexta-feira (10), a ANP confirmou o recuo do preço do litro da gasolina. O levantamento abrange a semana de 5 a 11 de fevereiro; confira

Petrobras reduziu os preços do diesel para as distribuidoras
Petrobras reduziu os preços do diesel para as distribuidoras - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 10/02/2023, às 21h36

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) divulgou dados que podem deixar o bolso dos brasileiros bem tranquilos. Nesta sexta-feira (10), a ANP confirmou o recuo do preço do litro da gasolina. Conforme o levantamento, que abrange a semana de 5 a 11 de fevereiro, a gasolina comum foi vendida em média por R$ 5,08.

Esse preço representa uma queda de 0,78% em relação aos R$ 5,12 da semana anterior. O preço mais alto do combustível encontrado em um posto de gasolina é R$ 6,99. Também foram reduzidos os preços do litro de etanol: de R$ 3,82 para R$ 3,80, queda de 0,52%. O maior valor encontrado pela agência nesta semana foi de 6,
49 reais.

O preço médio do litro do diesel caiu de R$ 6,29 para R$ 6,23, uma queda de 0,95%. O maior valor encontrado pela ANP na mesma semana foi de R$ 7,99.

+++Sem estresse! Confira a lista de documentos necessários para declarar o IRPF 2023

Petrobras reduziu os preços do diesel para as distribuidoras

No dia 25 de janeiro, a Petrobras aumentou em 7,5% o preço da gasolina vendida as distribuidoras. Esta alta foi o primeiro aumento no preço dos combustíveis desde junho de 2022, depois que o preço do petróleo e o comportamento da taxa de câmbio ter elevado os preços internos comparado aos internacionais.

Por outro lado, na quarta-feira (8), a petroleira reduziu o preço do diesel para as comercializadoras. O preço do combustível classe A caiu de R$ 4,50 para R$ 4,10 o litro, uma queda de R$ 0,40.

O ajuste da Petrobras nas refinarias aos consumidores finais dos postos não é imediatamente transferível e depende de várias questões como distribuição, margens de revenda, inclusão de biocombustíveis e impostos.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.