MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Primeiro caso do superfungo é confirmado em hospital de São Paulo

O Candida auris é um fungo de grande preocupação para as autoridades de saúde. Saiba como se pega o superfungo e quais os sintomas da infecção

Saiba como se pega o superfungo e quais os sintomas da infecção
Saiba como se pega o superfungo e quais os sintomas da infecção - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 09/06/2023, às 18h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O estado de São Paulo registrou o seu primeiro caso do superfungo Candida auris em um paciente neonatal no Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti, da Unicamp, localizado em Campinas. Segundo informações divulgadas pela Secretaria de Saúde, o fungo foi identificado no dia 18 de maio após exames realizados no paciente, cujo nome não foi divulgado.

O paciente está sendo acompanhado por uma equipe médica e apresenta boa evolução clínica até o momento. O Candida auris é um fungo de grande preocupação para as autoridades de saúde, uma vez que ele é resistente à maioria dos fungicidas existentes, e em alguns casos, a todos eles, o que lhe rendeu o apelido de "superfungo".

+++ Entenda como funciona o medicamento injetável de uso semanal para tratamento da obesidade

Resistência do fungo dificulta o tratamento e o controle da disseminação da infecção

A Secretaria de Saúde afirmou que nenhum profissional de saúde ou outro paciente foi diagnosticado com o fungo até o momento, e que serão realizados novos rastreamentos e reforço das medidas preventivas no hospital. O objetivo é conter a disseminação do Candida auris e investigar amplamente possíveis fontes de contaminação.

O Candida auris foi identificado pela primeira vez como causador de doença em humanos em 2009, no Japão. Desde então, é relatado em diferentes países ao redor do mundo, representando um desafio para os sistemas de saúde devido à sua resistência e potencial de propagação. As autoridades sanitárias estão atentas ao monitoramento e controle desse superfungo, visando garantir a segurança dos pacientes e profissionais de saúde.

+++ Dormir fora de hora faz mal para a saúde? Entenda

Como pega e quais os sintomas do superfungo? 

Geralmente, a infecção ocorre em ambientes de saúde, como hospitais e clínicas, onde há uma maior concentração de pacientes com condições médicas graves e sistemas imunológicos enfraquecidos. A transmissão pode ocorrer por contato direto com superfícies contaminadas, equipamentos médicos ou mesmo de pessoa para pessoa.

Em relação aos sintomas, é importante notar que nem todas as pessoas infectadas pelo Candida auris desenvolvem sinais evidentes de infecção. No entanto, em pacientes que apresentam sintomas, os mais comuns incluem:

  • Infecções sanguíneas (candidemia): febre persistente, calafrios, fadiga, dor muscular e articular, confusão mental e pressão arterial baixa.
  • Infecções do trato urinário: dor ou desconforto ao urinar, necessidade frequente de urinar, urina turva ou com odor forte.
  • Infecções respiratórias: tosse persistente, falta de ar, dor no peito e expectoração com sangue em casos mais graves.
  • Infecções de feridas: vermelhidão, inchaço, dor, calor e drenagem de fluido da ferida.

É importante destacar que os sintomas podem variar dependendo do local da infecção e da condição de saúde do paciente. Além disso, é fundamental procurar assistência médica se houver suspeita de infecção pelo Candida auris, especialmente em pacientes com fatores de risco, como doenças crônicas, imunossupressão ou que tenham sido submetidos a procedimentos invasivos.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.