MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Prova do Enem 2023 vazou? Inep aciona PF após imagem circular na internet

Segundo o Inep, a imagem disseminada nas redes exibia a página 19 do caderno de provas tipo 3, na cor branca. A fotografia da prova do Enem 2023 revela o tema da redação

Foto da suposta prova do Enem 2023, que teria vazado
Foto da suposta prova do Enem 2023, que teria vazado - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/11/2023, às 19h26 - Atualizado às 20h02

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Neste domingo, 5 de novembro, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 foi marcado por uma controvérsia envolvendo a circulação de uma imagem atribuída à prova de redação nas redes sociais e grupos do WhatsApp. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) acionou a Polícia Federal para investigar o suposto vazamento da prova do Enem 2023.

Segundo a assessoria de imprensa do Inep, a imagem disseminada exibia a página 19 do caderno de provas tipo 3, na cor branca. A fotografia revelava o tema da redação: "Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil".

Além disso, apresentava instruções aos participantes sobre a dissertação, incluindo especificações como o número de linhas na folha, a exigência de uso de caneta preta e a advertência de nota zero caso houvesse desvio do tema proposto. Quatro textos de apoio relacionados ao assunto também estavam visíveis na imagem.

Conforme o edital do Enem 2023, é expressamente proibido o uso de dispositivos eletrônicos durante a realização da prova, bem como a divulgação de fotos do exame enquanto este estiver em andamento. O descumprimento dessas normas resulta na eliminação imediata do candidato.

+Sobe o número de mortes em São Paulo após chuva forte

Prova do Enem 2023 só poderia ser levadas às 18h30

Os portões dos locais de prova foram fechados às 13h, dando início às provas às 13h30. Os participantes somente puderam deixar as salas a partir das 15h30, sem levar consigo o Caderno de Questões, a menos que estivessem nos últimos 30 minutos que antecedem o término do exame, ou seja, a partir das 18h30.

De acordo com o edital, deixar a sala de prova em definitivo com o Cartão-Resposta, a folha de redação ou qualquer material antes dos 30 minutos finais resulta na eliminação do candidato, com exceção do Caderno de Questões.

Contudo, o vazamento da imagem da suposta prova de redação levou o Inep a acionar a Polícia Federal para apurar o incidente e tomar as medidas necessárias.

Candidatos terão nova chance

O ministro da Educação, Camilo Santana, garantiu que os estudantes prejudicados por condições climáticas adversas terão a oportunidade de participar da reaplicação do Enem 2023 nos dias 12 e 13 de dezembro. Ele também assegurou que os problemas relacionados à falta de energia elétrica em locais de prova no estado de São Paulo foram solucionados.

Santana ainda enfatizou a importância de uma logística eficiente na aplicação das provas, mencionando que todos os materiais foram entregues pontualmente aos locais de prova, envolvendo aproximadamente 132 mil salas de aplicação para os mais de 3,9 milhões de inscritos, distribuídos em 1.750 municípios nas 27 unidades da federação.

Nesta 25ª edição do Enem, o ministro destacou as novidades implementadas visando à acessibilidade de candidatos com deficiência. Ele ressaltou a inclusão de gráficos e figuras coloridas, facilitando a compreensão para pessoas daltônicas ou com problemas de visão, além do aumento do tamanho do cartão-resposta para auxiliar aqueles com dificuldades visuais.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.