MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Quem tem curso tecnólogo pode prestar concurso público de nível superior? Entenda

A dúvida se curso tecnólogo, que custa menos e é mais rápido, dá direito a prestar concurso de nível superior é comum entre os concurseiros iniciantes. Saiba de uma vez por todas se isso é possível

Pessoa preenche folha de resposta de concurso público
Pessoa preenche folha de resposta de concurso público - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 28/11/2023, às 23h23

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A busca por estabilidade e boas remunerações tem levado muitos profissionais a considerar a participação em concursos públicos. Uma dúvida frequente entre os concurseiros iniciantes é se quem tem formação em curso tecnólogo pode prestar concurso de nível superior, que oferece salários mais atraentes.

Os cursos tecnólogos são voltados para áreas específicas do mercado de trabalho e possuem uma duração mais curta em comparação com os cursos de graduação tradicionais, por isso gera confusão entre os concurseiros.

Mas, sem enrolação, a resposta é sim. Os cursos tecnólogos são formações de nível superior e seus graduados têm direito a concorrer a concursos públicos que exigem esse nível de escolaridade, desde que o edital de abertura não especifique a necessidade de bacharelado ou licenciatura.

Cargos jurídicos e de professores, por exemplo, são destinados a profissional bacharel em Direito e com licenciatura na disciplina na qual vai dar aula, respectivamente. Portanto, não poderão ser disputados por tecnólogos.

Porém, em geral, quem possui um diploma de curso tecnólogo pode, sim, participar de concursos públicos que exigem formação de nível superior. Só é fundamental verificar os requisitos específicos de cada concurso para garantir que o curso tecnólogo atenda às exigências do edital.

+Confira os cinco estados mais premiados na Mega da Virada, que pagará R$ 550 milhões

Curso Tecnólogo vs. Curso Técnico 

É comum haver confusão também entre cursos tecnólogos e cursos técnicos profissionalizantes. A principal diferença reside no nível de escolaridade. Enquanto os cursos tecnólogos são de nível superior, os cursos técnicos profissionais são de nível médio.

Os cursos técnicos têm como objetivo capacitar os estudantes para funções específicas no mercado de trabalho, proporcionando uma formação mais rápida e direcionada. Por outro lado, os cursos tecnólogos são mais abrangentes, oferecendo uma formação superior com foco em áreas específicas, preparando os graduados para desafios mais complexos.

+Concurso Polícia Civil: confira TODOS os benefícios negados 'pelo presidente'

Tecnólogo vs. Graduação Superior

Outra dúvida comum é a diferença entre cursos tecnólogos e as graduações superiores convencionais. A principal distinção está na duração e na abrangência da formação. Os cursos tecnólogos geralmente têm uma duração mais curta, de dois a três anos, e são mais voltados para a aplicação prática no mercado de trabalho.

Já as graduações tradicionais, de bacharelado ou licenciatura, costumam durar, em média, quatro anos e têm uma abordagem mais teórica e ampla. De acordo com informações coletadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) por meio do Censo da Educação Superior, constata-se um aumento significativo da presença dos cursos tecnólogos no cenário educacional brasileiro.

No período de 2011 a 2021, os cursos tecnólogos representaram 29,7% do total de matrículas em cursos de graduação, superando a admissão em cursos de licenciatura, que alcançaram a marca de 15,4%. 

+Concurso público: entenda como funciona a avaliação de títulos e o que pontua nessa fase

Vale faz Curso Tecnólogo para prestar concurso público de nível superior?

A decisão de fazer um curso tecnólogo deve ser baseada nas metas e objetivos individuais do estudante. Se o foco é entrar rapidamente no mercado de trabalho com uma formação específica e direcionada, o curso tecnólogo pode ser uma excelente escolha.

Além disso, a possibilidade de concorrer a concursos de nível superior amplia as oportunidades para esses profissionais, que estarão aptos a se inscrever e concorrer às vagas de processos seletivos municipais, estaduais e federais mais rápido, já que alguns tecnólogos duram 18 meses apenas. Além disso, costumam custar bem mais baratos do que as graduações tradicionais e dão acesso a cargos públicos de nível superior que pagam os melhores salários.

Contudo, é essencial considerar que, dependendo da área e do concurso, a concorrência pode ser acirrada. Vale a pena analisar as demandas do mercado e as exigências dos concursos dos órgãos nos quais pretende ser servidor antes de tomar a decisão.

Pode prestar concurso antes de se formar? 

Na maioria dos certames, o diploma precisa ser apresentado só na hora da posse, portanto é possível estudar para o concurso e prestar a prova antes mesmo de finalizar o curso tecnólogo.

Caso a convocação ocorra antes de obter o diploma, uma saída é verificar se o processo seletivo permite a desistência temporária, que implica na renúncia da classificação e reposicionamento do candidato para o último lugar da lista de aprovados. Assim, ainda pode ter chance de tomar posse futuramente, em novas chamadas.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.