MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Redução da taxa de juros terá impacto tímido nas prestações de crédito

Diferença significativa entre a taxa básica de juros e os juros efetivos de prazos mais longos diluirá os efeitos. Redução é observada em outros cenários, como cheque especial

Essa redução é observada em outros cenários, como cheque especial
Essa redução é observada em outros cenários, como cheque especial - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 14/12/2023, às 14h28 - Atualizado às 15h37

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A decisão do Banco Central de reduzir a taxa Selic para 11,75% ao ano terá um impacto limitado nas prestações de crédito, segundo análise da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Conforme a entidade, a diferença significativa entre a taxa básica de juros e os juros efetivos de prazos mais longos diluirá os efeitos do afrouxamento monetário na ponta final.

A Anefac estima que a taxa média para pessoas físicas passará de 122,04% para 121,05% ao ano, enquanto para pessoas jurídicas, a taxa média sairá de 58,57% para 57,84% ao ano. Essas variações representam uma redução marginal, evidenciando que o tomador de novos empréstimos sentirá pouco impacto na redução das taxas de juros.

Redução é observada em outros cenários, como cheque especial, rotativo do cartão de crédito

Em termos práticos, considerando um financiamento de geladeira de R$ 1,5 mil em 12 prestações, o comprador desembolsará apenas R$ 0,39 a menos por prestação e R$ 4,63 a menos no valor final com a nova taxa Selic. Essa redução é observada em outros cenários, como cheque especial, rotativo do cartão de crédito, empréstimo pessoal e financiamento de automóvel.

A análise da Anefac também aborda a poupança, indicando que, com a taxa Selic de 11,75% ao ano, a caderneta só rende mais que os fundos de investimento em cenários específicos, como aplicação em fundos com taxa de administração de 3% ao ano, por exemplo.

Dessa forma, a associação sugere que, embora a redução da Selic seja um movimento importante, seu impacto direto nas prestações de crédito será modesto, exigindo uma análise detalhada das condições individuais para compreender seu verdadeiro alcance na economia brasileira.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concurso

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.