MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Reforma Tributária pode alavancar crescimento do país; aponta Ipea

Novo estudo do Ipea divulgado nesta quinta-feira (6) aponta para crescimento do PIB de 2,39% até 2023 caso a proposta da Reforma Tributária seja aprovada

Notas de dinheiro
Notas de dinheiro - Canva
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 06/07/2023, às 17h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Caso a proposta da Reforma Tributária seja aprovada, o Produto Interno Bruto (PIB) do país pode ter crescimento de 2,39% até 2032, é o que revela a nova pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgada nesta quinta-feira (6). 

Conforme a análise realizada, durante o período de transição no qual o sistema antigo é gradualmente substituído pelo novo, as simulações em todos os cenários indicam um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB)

+ SAIU A LISTA de aposentados que podem receber até R$ 7.507,49 nesta quinta-feira

Mudanças impostas pela reforma geram crescimento 

O estudo intitulado "Propostas de reforma tributária e seus impactos: uma avaliação comparativa", conduzido pelo pesquisador do Ipea João Maria de Oliveira, abrange 68 setores de atividade econômica, considerando as 27 unidades federativas do Brasil, além de fazer comparações com dez países com os quais o Brasil mantém relações comerciais.

Segundo as simulações realizadas, as mudanças na estrutura tributária resultam em crescimento econômico. O pesquisador afirmou que as propostas de reforma promovem uma mudança estrutural em favor de setores com cadeias produtivas mais extensas, o que gera efeitos multiplicadores maiores e, consequentemente, aumenta a produtividade. 

Além de impulsionar o crescimento econômico, a reforma também alinha a economia brasileira para um crescimento ainda mais robusto.

Outro ponto destacado é o impacto positivo no emprego. Embora os ganhos sejam modestos, há um aumento do emprego com maior qualificação e renda. Com as mudanças no sistema tributário, também há ganhos reais na produtividade do trabalho, o que evidencia que a reforma tributária trará benefícios para a alocação produtiva, estimulando um aumento na oferta de emprego.

O pesquisador enxerga o cenário atual de maneira otimista. Ele menciona a oportunidade existente com o consenso alcançado entre a estrutura produtiva, diversos setores e os três níveis federativos, especialmente estados e municípios, que são afetados de maneiras distintas, dependendo da região. O pesquisador acredita que o consenso é possível, está próximo e permitirá que o Brasil alcance um estágio avançado de crescimento econômico.

Ainda sobre o estudo, as simulações indicam que a reforma tributária impulsiona o crescimento econômico, promove melhores condições de emprego e oferece uma oportunidade de consenso para impulsionar o desenvolvimento econômico do país.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.