MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Relevada a causa da morte dos ocupantes do submarino que ia rumo ao navio Titanic

Morte trágica é surpreendente. A Guarda Costeira dos Estados Unidos confirmou que todos faleceram antes de chegar nos destroços do lendário navio Titanic

Submersível da Ocean Gate
Submersível da Ocean Gate - Divulgação/Agência Brasil
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 22/06/2023, às 19h33 - Atualizado às 19h59

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Guarda Costeira dos Estados Unidos confirmou hoje, em uma coletiva de imprensa, a trágica morte dos cinco ocupantes do submarino que realizava uma expedição em direção aos destroços do lendário navio Titanic. O contra-almirante John Mauger, porta-voz da Guarda Costeira, relatou que a embarcação sofreu uma implosão catastrófica.

Essa confirmação veio após os responsáveis pelas buscas anunciarem a descoberta de destroços próximos ao local onde o Titanic repousa no Oceano Atlântico. Durante a coletiva, o contra-almirante Mauger declarou: "Esse é um ambiente imperdoável, no chão do oceano. Os destroços são consistentes com uma catastrófica implosão da embarcação".

Segundo ele, os detritos encontrados indicam uma perda de pressão na cabine do submersível Titan, utilizado para expedições turísticas aos restos do navio. A OceanGate, empresa responsável pelo submersível, também emitiu uma nota confirmando a trágica morte dos passageiros e expressando suas condolências às famílias das vítimas.

+Restituição do Imposto de Renda: Receita libera R$ 7,5 bilhões nesta sexta

Onde está o navio do Titanic?

O local onde o Titanic repousa está situado a aproximadamente 1.450 km a leste de Cape Cod, nos Estados Unidos, e 640 km ao sul de St. John's, no Canadá, a cerca de 3.800 metros de profundidade. As coordenadas exatas do local são aproximadamente 41° 43' N, 49° 56' W.

O Titanic afundou nessa região em 15 de abril de 1912, durante sua viagem inaugural de Southampton, Reino Unido, para Nova York, Estados Unidos. Desde então, os destroços do navio se tornaram um local de grande interesse histórico e científico, sendo explorados e estudados em várias expedições.

Entenda o caso

O submersível estava desaparecido desde o dia 18 de julho e contava com a presença de pessoas proeminentes em sua expedição. Entre os ocupantes estavam:

  • o bilionário e explorador britânico Hamish Harding, de 58 anos;
  • o magnata dos negócios nascido no Paquistão Shahzada Dawood, 48;
  • o filho de Shahzada Dawood, Suleman, de 19 anos;
  • o renomado oceanógrafo francês e especialista em Titanic Paul-Henri Nargeolet, 77, que já havia visitado os destroços do navio em dezenas de ocasiões; e
  • o norte-americano Stockton Rush, fundador e CEO da OceanGate, que estava pilotando o submersível.

Os veículos operados remotamente utilizados nas buscas continuarão no local do acidente para coletar mais informações sobre o ocorrido. O contra-almirante Mauger aproveitou a ocasião para prestar suas condolências às famílias das vítimas, as quais foram informadas assim que a implosão do submersível Titan foi confirmada.

Submarino não, submersível

Na verdade, as vítimas estavam dentro de um submersível. A diferença entre submarino e submersível está relacionada ao propósito, design e capacidades dessas embarcações. Aqui estão as principais distinções:

  • Propósito - O submarino é uma embarcação projetada para operar de forma autônoma embaixo d'água, geralmente com propósitos militares, como defesa e ataque. Já o submersível é qualquer tipo de embarcação que possa submergir abaixo da superfície da água, mas nem todos os submersíveis são destinados a operações autônomas prolongadas como os submarinos.
  • Design - O submarino é projetado para ser um veículo fechado, resistente à pressão das profundezas do oceano, com sistemas de propulsão, casco reforçado e compartimentos para tripulação, armamentos e equipamentos. O submersível, por sua vez, pode ser uma embarcação aberta ou fechada, projetada para submergir, mas geralmente com menor capacidade de resistir a grandes pressões. Os submersíveis variam amplamente em tamanho, forma e finalidade, desde pequenos veículos operados remotamente até veículos tripulados utilizados para exploração submarina.
  • Capacidade de operação - Enquanto o submarino possui sistemas avançados de suporte à vida, incluindo oxigênio, comida, água e energia, permitindo que a tripulação permaneça submersa por longos períodos, às vezes semanas ou meses, o submersível, geralmente, não é projetado para operações autônomas prolongadas. Pode ser usado para missões de curta duração, como pesquisa científica, exploração, resgate submarino, turismo subaquático ou outras atividades específicas.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.