MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Restituição do Imposto de Renda: Receita libera R$ 7,5 bilhões nesta sexta

Saiba como consultar se você estará contemplado no segundo lote de restituição do Imposto de Renda, que vai beneficiar 5,1 milhões de contribuintes

Várias notas de reais espalhadas
Várias notas de reais espalhadas - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 21/06/2023, às 20h41

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Receita Federal anunciou que nesta sexta-feira, dia 23 de junho, estará disponível para consulta o segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2023. Essa liberação contemplará tanto as restituições referentes ao ano corrente quanto as residuais de exercícios anteriores.

O crédito bancário, no valor total de R$ 7,5 bilhões, será realizado no dia 30 de junho, beneficiando 5.138.476 contribuintes. Todo esse montante será destinado a contribuintes que têm prioridade, incluindo:

  • idosos acima de 80 anos;
  • contribuintes entre 60 e 79 anos;
  • pessoas com deficiência;
  • com deficiência física;
  • om deficiência mental;
  • com moléstia grave;
  • profissionais do magistério; 
  • quem fez a Declaração Pré-preenchida; e
  • quem optou por receber a restituição via PIX.

+PIX automático: novidade promete administrar contas do mês com pagamentos instantâneos

Como consultar se vou receber agora?

Para verificar se a restituição está disponível, os contribuintes devem acessar a página da Receita Federal na internet (www.gov.br/receitafederal). No site, basta clicar em "Meu Imposto de Renda" e, em seguida, em "Consultar a Restituição".

A página fornecerá orientações e os canais de atendimento para uma consulta simplificada ou completa da situação da declaração, utilizando o extrato de processamento disponível no e-CAC. Caso seja identificada alguma pendência na declaração, o contribuinte poderá retificá-la, corrigindo as informações que eventualmente estejam equivocadas.

Além do acesso via web, a Receita Federal disponibiliza um aplicativo para tablets e smartphones que permite consultar diretamente nas bases do órgão informações sobre a liberação das restituições do IRPF, bem como a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

+Juíza teria impedido aborto em criança de 11 anos por convicção religiosa

Forma de pagamento

O pagamento da restituição do Imposto de Renda será realizado diretamente na conta bancária informada na declaração, por meio de depósito ou utilizando a chave PIX indicada. Caso o crédito não seja efetuado, por exemplo, devido à desativação da conta informada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 (um) ano no Banco do Brasil.

Nessa situação, o contribuinte poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou entrando em contato com a Central de Relacionamento BB pelos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (outras localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor da restituição dentro do prazo de 1 (um) ano, será necessário requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal. Basta acessar o menu "Declarações e Demonstrativos", em seguida "Meu Imposto de Renda" e clicar em "Solicitar restituição não resgatada na rede bancária".

A Receita Federal reforça a importância de os contribuintes acompanharem a liberação das restituições e verificarem se estão incluídos nesse segundo lote, pois o valor a ser restituído pode ser utilizado para diversos fins, desde o pagamento de dívidas até investimentos e despesas pessoais.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.