MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Saiba o que pode cancelar o recebimento do Bolsa Família 2023

Governo federal confirmou que o Bolsa Família 2023 irá passar por pente-fino nos cadastros; Veja o que pode fazer com que benefício seja cancelado

Uma mulher segura o cartão do programa de transferência de renda
Uma mulher segura o cartão do programa de transferência de renda - Agência Brasil - Bolsa Família 2023
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 26/01/2023, às 20h00

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Bolsa Família 2023, antigo Auxílio Brasil, passará por um verdadeiro pente-fino nos cadastros, a informação foi confirmada pelo ministro do Desenvolvimento Social,  Família e Combate à Fome, Wellington Dias. 

"Vamos trabalhar uma espécie de censo especial para o cadastro. Tem gente ilegalmente dentro e tem quem tem direito e está fora", disse ele. As fraudes e erros em benefícios sociais têm ocorrido desde a implementação do Auxílio Emergencial durante a fase mais crítica da pandemia de covid-19.  

O governo pretende analisar todos os benefícios para saber se há casos de irregularidades. O governo Lula (PT), ainda na transição, disse que já pretendia realizar a reavaliação dos beneficiários no Cadastro Único (CadÚnico). 

O ministro do Desenvolvimento também afirmou que irá trabalhar em conjunto com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para realizar a revisão das famílias inscritas para receber o benefício. 

+ Estados vão receber R$ 600 milhões da Saúde para reduzir filas por cirurgias, exames e consultas

Veja o que pode cancelar recebimento 

O ministro afirmou em vídeo divulgado pelo perfil do Ministério do Desenvolvimento no último dia 12 de janeiro em uma página nas redes sociais, que o presidente Lula prevê a apresentação de uma "reformulação do auxílio Brasil na perspectiva de ter a família como centro". 

Ele ainda afirmou que as políticas têm como foco a transferência de renda, além da preocupação da criança em fase de formação. E que passará a dar mais apoio ao grupo familiar que conta com crianças, além do retorno das regras do programa de transferência de renda. Abaixo, veja o que pode fazer o beneficiários ser excluído:

  • Famílias unipessoais (compostas por uma única pessoa);
  • Famílias que estão com dados desatualizadas no CadÚnico há mais de dois anos;
  • Famílias que deixaram de cumprir os requisitos de renda. 

De acordo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU) existe a suspeita de que as famílias estão se desmembrando para que mais de um membro possa receber o benefício. Esse é um dos principais focos do pente-fino. 

Veja como manter os dados atualizados e evitar cancelamento

Diante da possibilidade de cancelamento do benefício, aqueles que recebem devem ficar atentos e manter os dados de inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) atualizados. 

Segundo as regras, para receber benefícios sociais do governo federal, os cidadãos devem atualizar os dados do CadÚnico a cada dois anos. Além dos casos em que houveram mudança na composição familiar. A exemplo:  

  • Nascimento de um novo membro da família;
  • Morte de um membro da família;
  • Mudança de endereço;
  • Aumento ou diminuição da renda familiar;
  • Troca de unidade escolar das crianças e adolescentes.

Para realizar o procedimento, o usuário deve se dirigir a uma unidade de CRAS mais próxima da sua casa, com os documentos que possam comprovar a mudança ou manutenção dos dados do grupo familiar. 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.