MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Salário de professores para autoridades: Deputada propõe mudança radical

Deputada federal Duda Salabert apresentou projeto de lei para igualar, durante três meses do ano, salário de autoridades ao de professores; Entenda

Notas de dinheiro
Notas de dinheiro - Canva
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/05/2023, às 11h06

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A deputada federal Duda Salabert, do PDT de Minas Gerais, apresentou um projeto de lei com o objetivo de igualar, durante três meses do ano, os salários de autoridades. A informação é da coluna Painel, do Jornal Folha de S. Paulo. 

Com isso, o presidente, vice-presidente, ministros, deputados, senadores, membros do Supremo Tribunal Federal e do Superior Tribunal de Justiça ao valor do piso salarial dos professores da educação básica.

+ Receita libera consulta ao 1º lote de restituição do Imposto de Renda

Veja quanto recebem as autoridades atualmente

Atualmente, os ministros do STF recebem um salário de R$ 41.650, enquanto o presidente e os parlamentares recebem R$ 39.293. Em contrapartida, o piso salarial dos professores é de R$ 4.420.

A justificativa para esse projeto, de acordo com a deputada, é destacar a disparidade salarial existente entre os professores e as autoridades de alto escalão dos Poderes. 

A parlamentar afirmou à coluna que o intuito é chamar atenção para a desigualdade de remuneração de profissionais da educação. "Devemos buscar formas de incentivar um maior investimento público na área da educação", defende. 

Também sobre o assunto, ela afirmou que o cenário da educação do país pode melhorar "destinando recursos adequados para a melhoria das infraestruturas das escolas, a formação continuada de professores e a disponibilização de materiais didáticos de qualidade", acrescenta.

Congresso oficializou novo reajuste ano passado

O presidente do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco, oficializou o reajuste em dezembro do ano passado, dos salários dos ministros de Estado, deputados, senadores, presidente e vice-presidente da República. O documento que estabelece os subsídios foi publicado no Diário Oficial da União.

A remuneração será progressiva ao longo do tempo, totalizando R$ 46.366,19. A partir de 1º de janeiro de 2023, o valor será de R$ 39.293,32. Em 1º de abril de 2023, passará para R$ 41.650,92. A partir de 1° de fevereiro de 2024, será de R$ 44.008,52. Por fim, em 1º de fevereiro de 2025, atingirá o valor final de R$ 46.366,19.

De acordo com o Congresso Nacional, esses reajustes terão um impacto de R$ 2,5 bilhões no Orçamento de 2023. Esse valor já estava previsto no projeto do Orçamento deste ano.

*Com informações da Folha de S. Paulo e Agência Brasil 

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.