MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

São Paulo amplia vacinação contra meningite C para adolescentes e professores

Vacinação contra meningite C é expandida em São Paulo para proteger adolescentes e profissionais da educação. Saúde enviou um lote adicional de 90 mil doses da vacina

Registro de óbitos por meningite C apresentou uma redução significativa
Registro de óbitos por meningite C apresentou uma redução significativa - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/06/2023, às 19h18

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Secretaria de Estado da Saúde de São Pauloanunciou a expansão da campanha de vacinação contra a meningite C, visando alcançar adolescentes de 15 a 19 anos, bem como professores e outros trabalhadores da rede pública e privada de ensino. A iniciativa, que terá uma duração de dois meses, abrangerá os meses de junho e julho.

Para fortalecer a campanha, o Ministério da Saúde enviou um lote adicional de 90 mil doses da vacina. Caso haja estoque disponível nos postos de saúde, a possibilidade de estender a campanha além de julho está sendo considerada.

Conforme a Secretaria da Saúde, houve um aumento de 24,5% no número de casos de meningite C no estado de São Paulo durante o período de 1º de janeiro a 22 de maio deste ano, em comparação com o mesmo período de 2022. O número de casos subiu de 1.363 para 1.698.

+++ Vacina contra a gripe está disponível para população com mais de 6 meses

Registro de óbitos por meningite C apresentou uma redução significativa

Apesar do aumento no número de casos, o registro de óbitos apresentou uma redução significativa, passando de 154 em 2022 para 113 em 2023, o que representa uma diminuição de 26,7%. No ano de 2022, foram registrados 5.107 casos de infecção por meningite C, mais do que o dobro do registrado em 2021, quando foram contabilizados 2.281 casos em São Paulo.

No primeiro trimestre de 2023, foram aplicadas no estado 106 mil doses da vacina em crianças com menos de 1 ano de idade. A cobertura vacinal nesse grupo atingiu 81,3%, sendo que as maiores coberturas foram observadas nos Departamentos Regionais de Saúde (DRS) de Sorocaba (88%), Taubaté (88%), Piracicaba (87,4%), São José do Rio Preto (87,4%) e Marília (87,1%). Já a menor cobertura foi registrada no DRS Baixada Santista, com 70,6%.

A vacinação contra a meningite C já faz parte da rotina de imunização das crianças com menos de 1 ano, sendo administradas duas doses aos três e cinco meses de idade, além de um reforço preferencialmente aos 12 meses. Além disso, há uma recomendação para a vacinação com a Meningocócica C Conjugada em crianças com menos de 10 anos e profissionais da área da saúde.

Neste mês, além da vacina Meningocócica ACWY, que já é disponibilizada para crianças de 11 e 12 anos, está sendo realizada a imunização de adolescentes de 13 e 14 anos.

Quais os sintomas da meningite C?

A meningite C é uma infecção bacteriana que provoca inflamação nas membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Os sintomas podem incluir dores de cabeça, febre, rigidez na nuca, mal-estar, vômitos, dificuldade para encostar o queixo no peito e dor intensa no pescoço.

Manchas avermelhadas no corpo são indicativas de uma rápida disseminação da infecção, exigindo atendimento médico imediato. Todos os casos de meningite bacteriana requerem tratamento hospitalar, mesmo aqueles com sintomas leves.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.