MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Setor de supermercados gerou mais empregos no Brasil durante pandemia, mostra pesquisa; confira

O setor de supermercados foi responsável por 6,1% do total de novos empregos em 2020 e 2021; O Rio de Janeiro foi o estado que mais gerou oportunidades

Pedro Miranda* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 21/03/2022, às 19h01

O setor de supermercados gerou mais empregos por ter sido uma grande resistente durante pandemia.
O setor de supermercados gerou mais empregos por ter sido uma grande resistente durante pandemia. - Pixabay
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O setor de supermercados foi o que mais gerou oportunidades de trabalho durante a pandemia de Covid-19. Foram 56.120 novos postos gerados, sendo 57.214 novas vagas, em 2020, e 98.906, em 2021. Além der ser responsável por 6,1% do total de novos postos de trabalho no período, de acordo com o Mapa dos Empregos no Setor de Supermercados

Em entrevista à Agência Brasil, o economista Guilherme Mercês, disse que o setor foi o grande destaque na pandemia em 2020 e 2021 por ter sido uma grande resistente na oferta de empregos e renda. “Em 2020, enquanto a maioria dos setores demitiu, o setor de supermercados contratou. Em 2021, ele repetiu esse desempenho e contratou novamente”, destaca. 

O Rio de Janeiro foi o estado que mais gerou oportunidades, 41% com 11.120 novos postos de trabalho. O setor de supermercados também gerou empregos em sete outros estados brasileiros durante a pandemia, confira lista:

  • Piauí (21%), com 3.504 vagas;
  • Rondônia (13%), com 1.838;
  • Maranhão (12%), com 6.860;
  • Amazonas (11%), com 4.774;
  • Pará (11%), com 10.819;
  • Pernambuco (8%), com 6.377;
  • Ceará (7%), com 6.495 postos.

+++Renda extra: Pontos de cartão de crédito e milhas aéreas podem gerar lucro de R$ 10 mil

Setor de supermercados é destaque na oferta de empregos

Em segundo lugar no ranking, está o setor de transporte de carga rodoviária, com 136.423 novas vagas geradas em 2020 e 2021. A alta na oferta de empregos é entendida pelo tempo que os brasileiros ficaram isolados em casa, o que fez com que a demanda por logística aumentasse. 

A pesquisa também destacou que os setor de supermercados estão entre os 10 maiores geradores de vagas em todos os estados do país. Em termos absolutos, os vencedores do ranking de 2020 e 2021 são São Paulo, com 30.989 postos gerados; Minas Gerais (17.511); Rio de Janeiro (11.120): Pará (10.819); e Rio Grande do Sul (9.757).

O estudo se baseou em dados oficiais do Novo Caged, que é a geração das estatísticas do emprego formal por meio de informações captadas dos sistemas eSocial, Sistema do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e Empregador Web.

*Estagiário sob supervisão do jornalista Jean Albuquerque

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

 

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.