MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Síndrome de fim de ano: psicóloga dá dicas para lidar com sentimentos ruins

Complexa dinâmica social das celebrações de fm de ano podem desencadear sentimentos de depressão, estresse e ansiedade. Causas desses sentimentos incluem a pressão social

Principais causas desses sentimentos incluem a pressão social e as preocupações com o futuro
Principais causas desses sentimentos incluem a pressão social e as preocupações com o futuro - Canva/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 13/12/2023, às 10h03 - Atualizado às 10h04

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O final do ano, repleto de festividades e promessas de renovação, pode se transformar em um período desafiador para muitas pessoas, enfrentando a síndrome de fim de ano. Enquanto as celebrações trazem alegria coletiva, a complexa dinâmica social pode desencadear sentimentos de depressão, estresse e ansiedade.

A psicóloga clínica Tatiane Paula compartilhou algumas estratégias psicológicas para enfrentar esses desafios. Conforme Paula, as pressões sociais durante as festas podem impactar a saúde mental, e é fundamental desenvolver abordagens equilibradas para transformar as celebrações em experiências positivas.

Sintomas como aumento do estresse, ansiedade e mudanças nos padrões de sono merecem atenção, sendo crucial identificá-los e buscar apoio profissional quando necessário.

Principais causas desses sentimentos incluem a pressão social e as preocupações com o futuro

A avaliação do ano que passou e as expectativas criadas pelas celebrações podem gerar ansiedade em relação aos desafios do próximo ano. Paula destaca a importância de estratégias de enfrentamento, como a atenção plena, para evitar gatilhos emocionais e proporcionar uma base emocional sólida. As principais causas desses sentimentos incluem a pressão social e as preocupações com o futuro.

"Estabelecer limites claros, praticar o autocuidado e desenvolver uma comunicação assertiva são essenciais para enfrentar situações sociais indesejadas. A visualização positiva é uma técnica eficaz para antecipar encontros sociais, permitindo que os indivíduos foquem nos aspectos agradáveis e minimizem impactos emocionais negativos", aconselhou a psicóloga ao Mundo RH.

Diante dos compromissos inevitáveis, Paula destaca a importância de metas realistas, priorizar o bem-estar físico e emocional, e valorizar conquistas pessoais. Reforça também a rede de apoio social, incentivando a partilha de sentimentos com amigos, familiares ou profissionais.

"A abordagem psicológica oferece ferramentas valiosas para lidar com desafios específicos das festas de final de ano. Reconhecer a singularidade de cada experiência e buscar ajuda profissional são elementos cruciais para promover o bem-estar emocional durante todo o ano", conclui a especialista.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concurso

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.