MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Sobe o preço da cesta básica em diversos Estados. Veja regiões mais afetadas

Dados do Dieese apontam aumento do custo da cesta básica em 14 capitais brasileiras no mês de abril. São Paulo continua com a cesta básica mais cara do país

Governo federal anunciou um reajuste no valor do novo salário-mínimo do país
Governo federal anunciou um reajuste no valor do novo salário-mínimo do país - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 05/05/2023, às 19h18

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A cesta básica de alimentos teve um aumento de preço em 14 das 17 capitais brasileiras analisadas pela Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, divulgada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Conforme a pesquisa, somente em Natal houve queda no preço médio em relação a março, enquanto em Salvador e Belém o preço permaneceu estável. As maiores altas foram registradas em Porto Alegre, Florianópolis, Goiânia, Brasília e Fortaleza.

A cesta básica mais cara do país em abril continuou sendo a de São Paulo, onde o conjunto dos alimentos básicos custava em torno de R$ 794,68. Em seguida estavam as cestas de Porto Alegre, Florianópolis e Rio de Janeiro. Nas cidades do Norte e do Nordeste, os menores valores médios foram registrados em Aracaju, Recife, João Pessoa e Salvador.

+++ Coroação do Rei Charles: Lula é convidado para reunião restrita com apenas dez líderes mundiais

Governo federal anunciou um reajuste no valor do novo salário-mínimo do país

Com base no valor da cesta mais cara, que novamente foi a de São Paulo, o Dieese calculou qual deveria ser o salário-mínimo ideal no país para cobrir as despesas com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência.

Segundo a entidade, o salário-mínimo deveria ter sido de R$ 6.676,11 em abril, ou 5,13 vezes superior ao que o mínimo valia no mês passado (R$ 1.302,00). Na última semana, o governo federal anunciou um reajuste no valor do novo salário-mínimo do país.

A partir deste mês, ele passa a valer R$ 1.320,00. Esse valor representa um aumento de R$ 18,00 em relação ao anterior. Vale ressaltar que esse valor é inferior ao necessário para cobrir as despesas básicas de uma família, segundo o Dieese.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.