MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Tempo esfriou em São Paulo: saiba como mudanças bruscas de temperatura afetam a saúde

Essas oscilações bruscas de temperatura não apenas causam desconforto, mas também podem desencadear uma série de problemas médicos. Entenda os impactos no corpo

Dias mais frios também podem afetar o bem-estar emocional
Dias mais frios também podem afetar o bem-estar emocional - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 28/09/2023, às 10h19

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O cotidiano de muitas cidades brasileiras é marcado por mudanças climáticas abruptas, que vão desde a manhã quente até uma tarde fria, e isso pode ter sérias consequências para a saúde. Exemplo disso é a cidade de São Paulo, nos últimos dias com altas temperaturas e nesta quinta-feira (28), com o tempo mais frio. Essas oscilações bruscas de temperatura não apenas causam desconforto, mas também podem desencadear uma série de problemas médicos.

Quando o clima esfria, especialmente durante o inverno, o corpo humano gasta mais energia para se manter aquecido. Como resultado, o apetite aumenta e a vulnerabilidade a problemas de saúde também cresce. Ambientes fechados, comuns no dia a dia, podem se tornar um terreno fértil para a disseminação de vírus, já que a falta de renovação do ar facilita a transmissão de doenças.

O aumento nas temperaturas geralmente leva a uma procura maior por atendimento médico. Indivíduos que já têm predisposição a problemas respiratórios, como asma ou bronquite, veem seus sintomas se agravarem. Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) constataram que pessoas com rinite alérgica têm maior probabilidade de desenvolver sintomas respiratórios e oculares, como coceira no nariz e ardor nos olhos, quando ocorrem oscilações de temperatura.

+++ Aquecimento global alcança patamar recorde e Antártica encolhe ao menor nível já registrado

Dias mais frios também podem afetar o bem-estar emocional

Pacientes com histórico de doenças cardíacas também precisam tomar cuidado extra e se proteger do frio. Alterações repentinas de temperatura, como a transição do calor para o frio, podem elevar a pressão arterial e desencadear crises hipertensivas.

Por outro lado, quando o ambiente esquenta rapidamente após um período de frio, o sangue se torna mais espesso, as artérias se contraem e a pressão arterial tende a diminuir. A chegada do inverno é, portanto, um período crítico para diversas condições de saúde, especialmente aquelas relacionadas a problemas respiratórios, viroses, alergias e doenças cardíacas.

Além dos aspectos físicos, dias mais frios também podem afetar o bem-estar emocional, tornando as pessoas mais suscetíveis à tristeza e à depressão. Ambientes fechados e aglomerados se tornam locais propícios para a circulação de vírus, incluindo o da gripe, que é comum nessa época do ano. A melhor forma de prevenção é a vacina contra a gripe.

Em caso de sintomas como dor, febre e inflamação das vias respiratórias, é importante procurar atendimento médico para um diagnóstico adequado e tratamento, evitando complicações decorrentes das mudanças climáticas.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.