MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Veja as datas de janeiro do Bolsa Família 2024

Governo federal divulgou recentemente as novas datas do calendário de pagamentos do Bolsa Família 2024 para o mês de janeiro; Saiba todos os detalhes

Mulher segura o cartão do Bolsa Família e notas de dinheiro
Mulher segura o cartão do Bolsa Família e notas de dinheiro - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 07/01/2024, às 12h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O governo federal divulgou recentemente as novas datas do calendário de pagamentos do Bolsa Família 2024 em janeiro. Os dias de pagamento foram definidos pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), responsável pela gestão do programa, e pela Caixa Econômica Federal, que executa os pagamentos.

Com isso, os beneficiários do programa de transferência de renda já podem se programar e saber quando irão receber o auxílio no próximo mês. O Bolsa Família fornece suporte financeiro para mais de 21 milhões de famílias inscritas. 

+ Calendário FGTS 2024: Saiba quando irá receber até R$ 2,9 mil; VEJA as datas

Veja calendário de janeiro do Bolsa Família 2024 

Para saber a data exata de pagamento do Bolsa Família em janeiro de 2024, os beneficiários devem verificar o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). O NIS é um número de 11 dígitos, fornecido pelo governo federal.

Após verificar o dígito final do NIS, os beneficiários devem consultar o calendário abaixo para saber a data de pagamento do benefício. Veja as datas de janeiro:

  • NIS de final 1 - 18 de janeiro;
  • NIS de final 2 - 19 de janeiro;
  • NIS de final 3 - 22 de janeiro;
  • NIS de final 4 - 23 de janeiro;
  • NIS de final 5 - 24 de janeiro;
  • NIS de final 6 - 25 de janeiro;
  • NIS de final 7 - 26 de janeiro;
  • NIS de final 8 - 29 de janeiro;
  • NIS de final 9 - 30 de janeiro;
  • NIS de final 0 - 31 de janeiro.

Qual o valor da parcela em 2024?

O valor mínimo do Bolsa Família em 2024 permanecerá em R$ 600, o que representa um aumento de 20% em relação ao valor pago em 2023. Isso significa que, mesmo com a alta da inflação, as famílias beneficiárias terão um reforço financeiro significativo para o seu orçamento.

Além disso, o cálculo para chegar na parcela mensal continuará considerando o valor de R$ 142 por cada integrante. Isso significa que, para uma família de quatro pessoas, o valor total do benefício será de R$ 768.

Também está confirmado o pagamento do adicional de R$ 150 para crianças de 0 a 6 anos. Isso significa que, para uma família com duas crianças pequenas, o valor total do benefício será de R$ 1.068.

Para jovens entre 7 e 18 anos, para gestantes e para bebês de até seis meses de vida (nutrizes), o adicional é de R$ 50. No geral, os valores do Bolsa Família em 2024 representam uma importante conquista para as famílias brasileiras que vivem em situação de vulnerabilidade social. 

Como consultar? 

Para realizar a consulta do Bolsa Família ou Auxílio Brasil utilizando número de CPF, siga estas etapas:

  • Abra o site oficial da Caixa Econômica Federal;
  • Localize e clique na seção “Consultar famílias beneficiárias”;
  • Escolha a opção de “Consulta por família”;
  • Insira o NIS (Número de Identificação Social) e o CPF do responsável familiar nos campos indicados;
  • Conclua clicando no botão de consulta.

A consulta também pode ser realizada:

  • No aplicativo Bolsa Família;
  • No aplicativo Caixa Tem;
  • Por meio de atendimento em agências da Caixa;
  • Ou nos telefones 111 ou 121 (Ministério do Desenvolvimento Social).

Quem pode receber o Bolsa Família 2024?

Para receber o auxílio, às famílias precisam cumprir as exigências listadas abaixo, veja:  

  • realização de pré-natal;
  • cumprimento do calendário nacional de vacinação;
  • acompanhamento do estado nutricional para crianças com até sete anos incompletos;
  • frequência escolar mínima de 65% para crianças de 4 a 6 anos incompletos; e
  • frequência escolar mínima de 75% para beneficiários com idade de 6 a 18 anos incompletos que não tenham concluído a educação básica.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.