MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Veja como antecipar restituição do Imposto de Renda 2023

Receita divulgou prazo para envio da declaração do Imposto de Renda 2023, que vai de 15 de março até 31 de maio. Saiba como antecipar restituição

Um homem segura um celular com site da Receita Federal aberto
Um homem segura um celular com site da Receita Federal aberto - Shutterstock - Imposto de Renda 2023
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 22/02/2023, às 20h44

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2023 foi adiado pela Receita Federal. Com isso, o envio do documento pode ser feito de 15 de março até 31 de maio. Muitos contribuintes desconhecem, mas há uma maneira de antecipar a restituição. 

Sobre este ano, a Receita Federal informou, por meio de nota, que a mudança tem o intuito de permitir que todos os contribuintes tenham acesso à declaração pré-preenchida do Imposto de Renda no primeiro dia de entrega. 

O Fisco destacou ainda que as regras da entrega da declaração do Imposto de Renda 2023 serão anunciadas na próxima segunda-feira (27). Já a entrega do informe de rendimentos pelos empregadores, bancos e planos de saúde não alterou e continua até 28 de fevereiro.

+ PIX: enviei dinheiro para pessoa errada. Posso cancelar transação?

Restituição do Imposto de Renda 

As restituições são pagas seguindo o calendário oficial da Receita que ainda não foi divulgado. Recebem no primeiro lote os idosos e quem possui uma doença grave ou deficiências. 

Quem não está neste grupo, pode receber primeiro se enviar a declaração do IR mais cedo, assim que o prazo der início. As antecipações de restituição são consideradas uma maneira de empréstimo. 

Veja como antecipar 

Chegado o momento de realizar a declaração, o contribuinte precisa observar o prazo da Receita Federal e já pode acelerar o procedimento da juntada de documento até a entrega da declaração. 

O cidadão deve reunir todos os documentos dos rendimentos tributáveis que precisam ser declarados, independente de ter ou não havido retenção na fonte pagadora ao longo de 2022. 

Se o contribuinte fez a declaração do IR em 2022, também é necessário informar o número do documento e ter uma cópia completa. Até o dia 28 de fevereiro, empregadores, bancos, instituições financeiras, empresas de plano de saúde, entre outras, devem liberar os informes de rendimentos. 

Mas se mesmo assim, há a necessidade de resgatar o valor de maneira mais rápida, algum tipo de empréstimo junto ao banco no qual você recebe a restituição pode ser solicitado. Mas é necessário consultar as condições da linha de crédito para saber a alternativa cabe no seu bolso. 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.