MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Veja tempo de trabalho para brasileiros conseguir pagar por novo iPhone 15 pro

Levantamento realizado por plataforma de cashback Picodi aponta tempo médio necessário para trabalhador brasileiro conseguir pagar iPhone 15 pro

Modelo iPhone 15 pro
Modelo iPhone 15 pro - Divulgação Apple
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 19/09/2023, às 15h42

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Um levantamento realizado pela plataforma de cashback e códigos de descontos Picodi, divulgado recentemente, aponta que o brasileiro precisa em média de 67 dias (66,6 dias) trabalhados para conseguir pagar o novo iPhone 15 Pro da Apple

O Brasil permanece em terceiro lugar no ranking global de preços do iPhone em relação ao salário médio, ficando atrás apenas da Turquia (123,7 dias) e das Filipinas (79,5 dias) em termos de dias de trabalho necessários para adquirir um iPhone.

Desde 2018, a empresa elabora anualmente o "Índice iPhone", que avalia a relação entre o preço do iPhone (modelo Pro com a menor capacidade de armazenamento) nas filiais locais da Apple e o salário médio no respectivo país. 

+ Agilidade no resultado de benefícios do INSS? Governo nomeia novos servidores

Veja como foi realizado cálculo 

No caso do Brasil, o índice se baseou no rendimento médio mensal de R$ 2.935 brutos para pessoas com 14 anos ou mais e empregadas, conforme divulgado pelo IBGE em julho deste ano.

O preço considerado para o iPhone 15 Pro de 128 GB de memória foi de R$ 8.369,1 para pagamento à vista, conforme divulgado no site oficial da Apple. Parcelado, o mesmo modelo sai por R$ 9.299.

Isso significa que, em média, um brasileiro precisaria trabalhar 66,6 dias para comprar o iPhone 15 Pro, desde que todo o seu salário fosse dedicado a esse fim. Embora tenha ocorrido uma diminuição de 7,6 dias em comparação com o ano anterior, o Brasil permanece na terceira posição do ranking.

A Suíça ocupa a última posição no ranking, sendo o país onde o iPhone é mais acessível em relação à remuneração média local. Um cidadão suíço médio precisaria trabalhar apenas 4,2 dias para comprar o mais recente iPhone. Em comparação, um americano médio necessitaria de 5,3 dias, e um australiano médio, de 6,3 dias.

É importante ressaltar que o preço anunciado pela Apple em dólares para o iPhone não reflete o custo real nas prateleiras, especialmente no Brasil, devido à inclusão de impostos. 

Enquanto nos Estados Unidos o preço anunciado é de US$ 999, apenas a conversão direta para reais não considera adequadamente os impostos. No Brasil, os impostos podem representar até 60% do valor de venda. 

Portanto, o modelo 15 Pro está à venda no país a partir de R$ 9.299, muito acima dos R$ 4.860 que custaria se fosse baseado apenas na conversão direta do preço em dólares (US$ 999).

Lançamento Apple no Brasil 

A Apple irá lançar o iPhone 15 em cinco versões. Os aparelhos variam no tamanho da tela, processador e conjunto de câmaras. Os preços podem chegar a até R$ 9,6 mil no iPhone 15, a até R$ 10,6 mil no iPhone 15 Plus, seguido de até 13,1 mil no iPhone 15 Pro e o último modelo, o iPhone 15 Pro Max pode chegar a até R$ 13,4 mil.

Vale destacar que ainda não há uma previsão para que os novos aparelhos da Apple possam chegar ao Brasil. A empresa informou que o iPhone 15 será inicialmente vendido nos Estados Unidos e outros mercados em 22 de setembro. 

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.