Tudo Sobre

Concurso Polícia Federal

Órgão solicita 480 vagas ao Planejamento

A assessoria de imprensa da Polícia Federal (PF) confirmou que o órgão solicitou ao Ministério do Planejamento uma autorização para realizar concursos. No total, serão 480 vagas.



Redação
Publicado em 02/07/2010, às 14h31

A assessoria de imprensa da Polícia Federal (PF) confirmou que o órgão solicitou ao Ministério do Planejamento uma autorização para realizar concursos. No total, serão 480 vagas. Destas chances, haverá cem ofertas para papiloscopista (nível superior) e 380 de agente administrativo (nível médio). Segundo a tabela de remuneração de servidores públicos federais, os vencimentos iniciais ao cargo de papiloscopista da polícia federal são de R$ 7.514, 33 e os agentes administrativos contarão com salários de R$ 2.889, 97.

De acordo com uma nota divulgada no site da PF, os papiloscopistas devem possuir graduação em qualquer área. Os servidores são responsáveis por executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os trabalhos papiloscópicos de coleta, análise, classificação, subclassificação, pesquisa, arquivamento e perícias, bem como assistir à autoridade policial e desenvolver estudos na área de papiloscopia. 

Recentemente, a PF também pediu ao Planejamento autorização para realizar concursos destinados à área administrativa. Ainda segundo a assessoria de imprensa do órgão, espera-se a abertura de pelo menos três mil vagas. A solicitação ainda não foi realizada porque o órgão aguarda a aprovação do plano de carreira e salários, que visa aumentar as remunerações dos servidores. 

Concursos anteriores – A PF abriu seleção em 2009 para os cargos de agente de polícia e escrivão. Ao todo, foram 600 chances, sendo 200 para agente e 400 destinadas a escrivão. Os salários oferecidos eram de R$ 7.500, para ambos os cargos. Para participar, os candidatos precisavam possuir nível superior em qualquer área e carteira de habilitação. O Cespe/UnB foi o organizador do processo seletivo e as inscrições custaram R$ 110. Os candidatos passaram por provas objetivas, discursiva, avaliação psicológica, exame médico e de aptidão física. Além disso, realizaram um curso de formação.

Em 2004, a Polícia Federal abriu concurso para a área administrativa, mas a seleção não foi suficiente para cobrir a necessidade de pessoal do órgão. Segundo nota divulgada pelo Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da PF (SinpecPF), os baixos salários oferecidos pelo concurso não conseguiram manter os aprovados nos quadros da PF. O sindicato contabiliza que 40% dos convocados já deixaram a corporação.

Os candidatos passaram por provas de conhecimentos básicos e específicos, redação, avaliação psicológica, prova de capacidade física, investigação social e exames médicos. Os candidatos à função de escrivão tiveram, ainda, que realizar uma prova prática de digitação.

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

EBC: Confirmado processo seletivo para o órgão

Polícia Civil/SP: autorizado concurso com 220 vagas

+ Resumo do Concurso Polícia Federal

PF - Polícia Federal
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

02/07/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas