Concurso com quase 200 mil vagas sairá em breve

Segundo o instituto, edital do processo seletivo para recenseador passa por ajustes finais.

Redação
Publicado em 29/01/2010, às 12h30

A expectativa é que o edital para quase 200 mil vagas de recenseador no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) seja publicado muito em breve.

Inicialmente, o órgão havia anunciado que o processo seletivo seria lançado no dia 28 de janeiro, o que não aconteceu. A assessoria de imprensa do instituto não divulgou uma nova data, mas informou que o documento passa por ajustes e está sendo finalizado.  Segundo o portal de notícias do Censo Nacional 2010, as inscrições devem acontecer entre 22 de fevereiro e 19 de março.

Até o momento, está prevista a abertura de 191.973 oportunidades, mas este número ainda pode sofrer pequenas alterações. Para concorrer, os interessados terão que comprovar ensino fundamental completo.

A remuneração não será pré-determinada, já que o pagamento é feito por produção, com base no número de unidades visitadas, domicílios e pessoas entrevistadas. A expectativa é que o contrato de trabalho dos recenseadores tenha duração de dois meses. 

As chances serão para os quatro cantos do país, já que o censo tem abrangência nacional. De acordo com o IBGE,  só a região Sudeste abrirá 83.347 vagas, distribuídas entre São Paulo (43.634), Minas Gerais (19.075), Rio de Janeiro (17.251) e Espírito Santo (3.387).

Seleção anterior – Em 2009, o instituto lançou uma seleção para 219 oportunidades temporárias de níveis fundamental e médio. As chances eram para a cidade de Rio Claro, que fica a 175 quilômetros da capital paulista.

De acordo com o edital, os aprovados trabalhariam no censo experimental 2009, uma espécie de teste para o Censo 2010.

Das vagas abertas, 190 eram para o cargo de recenseador (nível fundamental), 25 para agente censitário supervisor (nível médio) e quatro para agente censitário municipal (nível médio). Organizado pela Fundação Cesgranrio, as taxas de inscrição custaram R$ 14 e R$ 22.

Na prova objetiva, os candidatos às vagas de recenseador enfrentaram perguntas das disciplinas de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais e conhecimentos técnicos.

Talita Fusco/SP

Veja também:

SGP/SP: serra autoriza novo concurso para especialista

Orçamento 2010: presidente Lula aprova mais de 76 mil vagas

Comentários

Mais Lidas