Tudo Sobre

Concurso TJ

Tribunal prepara edital para diversas carreiras

Serão 232 vagas para psicólogo e 136 para assistente social. O mais aguardado, entretanto, será para escrevente judiciário, que requer nível médio completo



Redação
Publicado em 06/07/2012, às 13h38

O desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) Antônio Carlos Malheiros, também coordenador da Vara da Infância e da Juventude, informou que a publicação do edital para 368 oportunidades de psicólogo e assistente social sofreu um adiamento. Previsto para o final de junho o edital ainda passa por ajustes, sendo que um novo cronograma só deve ser estipulado a partir da segunda quinzena deste mês. Vale destacar que organizadora já foi definida: será a Fundação Vunesp.

Estão previstas 232 oportunidades de psicólogo e 136 para assistente social. Os profissionais aprovados serão admitidos para as varas da Infância e Juventude do Estado, que sofrem com a carência de profissionais. Segundo o Conselho Nacional de Justiça, faltam juízes e funcionários e a criação de mais varas especializadas. De acordo com a juíza Maria Lucinda da Costa, da Coordenadoria de Infância e Juventude, o objetivo é que sejam abertas dez novas varas no próximo ano, porém, a necessidade atual é de 33 varas.

Para concorrer aos postos, o candidato deverá ter nível superior completo, com formação na área desejada. Os salários iniciais são de R$ 4.165,62, para ambas as funções. Também serão oferecidos benefícios, como vale-alimentação, vale-transporte e auxílio-saúde.

Escrevente – Está em fase final a elaboração do edital para o concurso de escrevente, segundo a assessoria de imprensa do TJ/SP. A perspectiva é de que até 2.199 oportunidades sejam abertas, uma vez que esse é o teto de cargos que podem vagar em razão da ascensão de escreventes ao posto de assistente judiciário.  O cargo requer formação de nível médio completo e oferece salário inicial de R$ 3.355,36.

O próximo edital deverá ser lançado nos mesmos moldes dos concursos anteriores, então os concurseiros interessados podem buscar começar os estudos com base no conteúdo programático e provas já aplicados. A novidade é que o edital deverá oferecer as vagas de forma descentralizada, de forma que cada candidato possa concorrer às oportunidades na região de seu interesse.

Ainda não está definido o número de vagas, porém, o presidente do TJ, Ivan Sartori, já admitiu a necessidade de cerca de 1.500 escreventes, porém observou que o tribunal só tem recursos para a contratação de 300, em 2012. O número de contratações pode subir se o Governo do Estado encaminhar uma suplementação orçamentária, já solicitada.

Aline Viana/SP

+ Resumo do Concurso TJ

TJ
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

06/07/2013 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas