Tudo Sobre

Empregos Previstos

Órgãos somam mais de 1,2 mil vagas

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin), o Exército e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) deverão lançar editais em breve. Ao todo, estão previstas 1.251 oportunidades de níveis médio e superior .



Redação
Publicado em 11/06/2010, às 15h08

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin), o Exército e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) deverão lançar editais em breve. Ao todo, estão previstas 1.251 oportunidades de níveis médio e superior para diversos cargos. Confira os detalhes:

Abin - A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) deverá abrir seleção em breve. Estão previstas 80 oportunidades de níveis médio e superior. De acordo com nota divulgada no site da instituição, as chances serão para Brasília (DF).

Para nível superior haverá 50 ofertas para o cargo de oficial técnico de inteligência. Já para candidatos que possuam o nível médio, serão 30 oportunidades para agente técnico de inteligência. De acordo com a tabela de remuneração dos servidores públicos, o salário para o cargo de oficial técnico de inteligência corresponde a R$ 8.741,82 e para agente técnico de inteligência os vencimentos são de R$ 4.012,54.

A seleção contará com três etapas. Na primeira serão aplicadas provas objetivas e discursivas de conhecimentos gerais e específicos. A segunda etapa será constituída por investigação social e funcional, avaliação médica e psicológica. Já na terceira etapa haverá um curso de formação em inteligência, com duração de dois meses. Também será exigido exame toxicológico para ambos os cargos.

Exército – Em dezembro, o Exército foi autorizado a realizar concurso com 321 vagas de níveis médio e superior. A organizadora deverá ser definida em breve, uma vez que o prazo para o edital ser publicado se esgota neste mês.

Haverá 248 vagas para o cargo de técnico, que exige o nível médio ou técnico dos candidatos. De acordo com o centro de comunicação social do Exército, as chances serão para as áreas de carpintaria e marcenaria, desenho de projetos de construção, eletromecânica, eletrônica, laboratório de análises clínicas, manutenção e suporte de computadores, segurança do trabalho, topografia, entre outras funções. O salário previsto é de R$ 2.560,47.

Para nível superior, serão 73 oportunidades para as carreiras de analista (43) e engenheiro (30). As remunerações serão de R$ 3.870,07. Os analistas deverão ser graduados em análise de sistemas, arquitetura, farmácia, geografia, tecnologia em gestão de qualidade, tecnologia em controle e automação, tecnologia em metalurgia, tecnologia em mecânica ou tecnologia em eletricidade. Já os engenheiros, deverão ser especialistas em agronomia, civil, elétrica, mecânica, de produção ou química.

Recentemente, o Exército recebeu autorização para realizar contratação de 2.180 temporários. Haverá oportunidades para todos os níveis de escolaridade. De acordo com a autorização, os novos funcionários atenderão encargos temporários de obras e serviços de engenharia. O período de contratação não foi informado.

Fiocruz – A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição vinculada ao Ministério da Saúde, lançará edital em breve. De acordo com o órgão, serão 850 vagas. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) deverá organizar o concurso. Segundo a Fiocruz, as inscrições deverão ficar abertas até julho e as provas devem acontecer em setembro.

As chances de nível superior serão para os seguintes cargos: pesquisador (96), tecnologista (266), analista (257) e especialista (149). Já para nível médio, haverá 19 vagas para técnico e 63 de assistentes. Para concorrer ao cargo de pesquisador será necessário possuir mestrado, enquanto os especialistas precisarão de doutorado. Os técnicos, por sua vez, necessitarão de formação técnica na área específica. 

Estão previstas oportunidades para diversas áreas de atuação, de administração à zootecnia. As vagas deverão ser distribuídas para o Rio de Janeiro (sede) e em outras unidades da instituição espalhadas pelo país.

De acordo com a tabela de remuneração dos servidores públicos federais de 2010, o salário inicial para especialista deverá ser de R$ 5.558,82; o de pesquisador corresponderá a R$ 3.475,87; os vencimentos para analista e tecnologista devem ser de R$ 3.048,03, e técnico e assistente devem contar com remunerações de R$ 1.678,28. Além disso, os servidores receberão gratificações e outros benefícios.

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

Saúde/SP: governador autoriza concursos para pesquisador

MPU: Senado analisa PL que cria mais de 6 mil cargos

+ Resumo Empregos Previstos

Previstos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

11/06/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas